Poema NÃO HÁ e Curta-Metragem DESLIGADO - São selecionados (Madeleine Alves)

"Os espinhos, as pedras, o caminho e a terra boa em que o trigo caiu, são os diversos corações dos homens. Os espinhos são os corações embaraçados com cuidados, com riquezas, com delícias [...]. As pedras são os corações duros e obstinados [...]. Os caminhos são os corações inquietos e perturbados com a passagem e tropel das coisas do Mundo, umas que vão, outras que vêm, outras que atravessam, e todas passam [...]. Finalmente, a terra boa são os corações bons ou os homens de bom coração; e nestes prende e frutifica a palavra divina, com tanta fecundidade e abundância, que se colhe cento por um: Et fructum fecit centuplum."

"As palavras são as estrelas, os sermões são a composição, a ordem, a harmonia e o curso delas. Vede como diz o estilo de pregar do céu, com o estilo que Cristo ensinou na terra. Um e outro é semear; a terra semeada de trigo, o céu semeado de estrelas. O pregar há-de ser como quem semeia, e não como quem ladrilha ou azuleja. Ordenado, mas como as estrelas: 'Stellae manentes in ordine suo'. Todas as estrelas estão por sua ordem; mas é ordem que faz influência, não é ordem que faça lavor."

(Pe. Antônio Vieira - Sermão da Sexagésima)

O caminho se faz a caminhar. Semeia-se por toda parte, e um dia, advirá toda a colheita.
Não sou Deus, ou Cristo, ou qualquer Santa de algo. Também não salvarei a pátria, a nação, o mundo. Nada disso. Mas quando soube dos resultados das seleções no Mapa Cultural Paulista - Biênio 2015/2016, não pude deixar de lembrar deste texto, que li ainda na Faculdade de Letras Português/Inglês na Unisantos.
Era uma madrugada silenciosa. E as estrelas da retórica deste Padre (pessoal, sem religiosidade aqui, ok? Apenas o espírito do Universal e da Construção de Linguagem) iluminavam um quarto silencioso, 3h, 4h da manhã.O Flashback serve para que se lembre que tudo começou do início. Não do meio, ou do fim, mas do início da construção de algo. Começou pequeninim...
Somos jovens. Mas quando imaturos, achamos que tudo tem que ser do jeito que EU crio. A gente vive, estuda, sobrevive, estuda, paga taxas, ama, estuda, desama, chora, estuda, ama de novo enfim, FAZ. E descobre que tem que ser de um jeito que SOME e MULTIPLIQUE - que haja NÓS!
Portanto, eu agradeço a NÓS! Ou seja, a todos: Abaçaí Cultura E Arte,Secretaria da Cultura de São Vicente, os jurados Alessandro Atanes,Marcelo Ariel e Márcio Barreto (que honra!), ao realizador audiovisualTiago Cardoso por me escolher para Diretora de Arte do ótimo curta "Desligado", a todos que me desejam Bem, a todos que me leem esses anos todos no Signos Possíveis, que somam, que torcem, que ficam feliz comigo e por mim!


MUITO OBRIGADA PELO DENOMINADOR COMUM! QUE PRESENTE!! 
Emoticon heart
Trabalhos Selecionados:
Poema "Não há" - Representando o município de São Vicente na categoria Literatura - Mapa Cultural Paulista Biênio 2015/2016.
Curta-Metragem "Desligado", de Tiago Cardoso - Representando o município de Guarujá na categoria Audiovisual - Mapa Cultural Paulista Biênio 2015/2016.

Comentários