Pular para o conteúdo principal

Alegria - Juarez Florintino Dias Filho

poema enviado por juarez dias

Alegria 
Hoje a alegria sorriu pra mim
De um jeito diferente
Parecia que precisava
Acrescentar algo
Quem sabe um largo riso
Seus olhos eram de encantamento
Eles se demoraram sobre mim
Estranho
Porque a alegria sempre tem pressa
Ela me abraçou forte
Como se não quisesse partir
Mal sabia que
Por mim
Ela jamais iria
Ela sabe que todos
Desejamos a sua paixão
Em vão!
Juarez Florintino Dias Filho

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

Trajes Poéticos - RIMA ENCADEADA

Palavra final do verso que rima com outra palavra do meio do verso seguinte.

*****

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores do concurso.