Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2015

Poema QUEIMA DE FOGOS para comemorar 2016

Mario Tessari fala sobre Buíque Verde de Luis Anto...

Comecei a leitura pelo último conto, talvez porque sou ambientalista e lamento a extinção de muitos pássaros pelo comércio ilegal e pela prisão solitária. Escritura dinâmica, fluente, quase em disparada. Baita estilo. Depois, recomecei pelo começo. Já vi que você gosta do nome Heloneida. E confirmei que de fato o cara do Buíque não era você. Especial de bom O PRINCIPE BELGA. Existem muitos casais que sonham com herdeiros nobres e acabam procriando manézinho mesmo. (risos) Aí, veio A CORRENTE. Começo meio beato, Mais informações »

Roberto Massoni fala sobre o livro Vozes de Cláudi...

Se, neste mundo da Criação, para que tudo se criasse houve primeiro que se ter a voz do verbo, o “Faça-se a Luz!” (no sentido, ainda hoje, de “dar à luz”, trazer à vida) e a partir desta,  tudo o mais – é no Vozes – título deste pequeno e grandioso livro de poemas- que essa poeta de urdidura firme, que traz o sangue lavado de poesia e a alma devassada por ela, encharcada nela. por Roberto Massoni
Leia o poema que abre o livro
Mais informações »

Figura de Linguagem: OPTAÇÃO - Deise Domingues Giannini

Figura de Linguagem: OPTAÇÃO

Morfeu - Nijair Araújo Pinto

enviado pelo autor


O verso sou eu: Antologia de sentimentos - Ronaldo Henrique B. Junior

enviado por
Ronaldo Henrique B. Junior




Venho anunciar que 2016será um ano repleto dePOESIA! Será lançado pela Editora Multifoco (Rio de Janeiro-RJ) meu primeiro livro de poemas, chamado: O verso sou eu: Antologia de sentimentos

DENILSOM MABUZZY : MPB, SAMBA, CLUBE DA ESQUINA E OUTRAS BALADAS NO BAR DU JOÃO:

enviado por
JORNAL GRITO CIDADÃO: “A MÍDIA QUE NÃO FAZ MÉDIA”

DENILSOM MABUZZY : MPB, SAMBA, CLUBE DA ESQUINA E OUTRAS BALADAS NO BAR DU JOÃO: EM 29/12 – TERÇA FEIRA... Por : Pettersen Filho
Nesta próxima terça Feira, dia 29/12 será uma das ultimas apresentações do Cantor e Compositor Denilsom Mabuzzy, no Bar du João, Tradicional Botequim Mineiro, na Região da Pampulha, em Belo Horizonte – MG, tudo regado aos maravilhosos tira gosto da Edileusa, Esposa do João, Rabada, Pé de Porco, Torresmo de Barriga, Jiló e Tropeiro, alé de muita Musica Boa, à partir das 20:00 hs, quando Denilsom divulgará o seu mais novo Trabalho, coplilando Musicas de Cantores tradicionais, sempre muito bem executadas nos barzinhos, MPB, Samba de Raiz, Clube da esquina, em sensacional coletânea em CD frequim, fresquim....

A CAMINHO DA ILUMINAÇÃO INTELECTUAL E ESPIRITUAL Por : António Justo

enviado por  JORNAL GRITO CIDADÃO: “A MÍDIA QUE NÃO FAZ MÉDIA”

A CAMINHO DA ILUMINAÇÃO INTELECTUAL E ESPIRITUAL Por : António Justo
À Maneira de Meditação - O Fogo que brota da Gruta  Sou feito de céu e terra, se nego o céu deixo de ver, se nego a terra deixo de crescer. A natureza revela ser um organismo onde tudo caminha em direcção à luz e tudo gira em torno dela. Se observamos o ser humano também constatamos que se direcciona para o Espírito/luz na procura da vivência do calor/amor; a luz, o espírito, o calor/amor são os princípios que tudo inflam e regulam no desenvolvimento da pessoa, da sociedade e da natureza. Somos filhos da luz e por isso não descansamos enquanto não atingirmos a luz e o calor do amor.

“A LIÇÃO DO SILÊNCIO" de João Alberto de Faria Araújo no jornal Letras Santiaguenses

enviado por João Alberto de Faria Araújo
Para fechar o ano com chave de ouro, meu poema “A LIÇÃO DO SILÊNCIO” e minha crônica “ANJOS DE GUARDA OU ENXERIDOS?”, foram publicados no número 120 do Jornal Letras Santiaguenses, edição de novembro/dezembro de 2015, que homenageia Adão Wons, poeta, escritor e ativista cultural.
Veja como participar do Jornal e leia meu poema

COISAS DE MARIZA: PÉS...

Pés que me carregam pela vida!

                Pés que me sustentam e conduzem pela caminhada, curvas e esquinas do viver!                   Pés que já foram tão lindos, sofisticados, atrevidos, pés que se deixavam ficar languidos, ou que se erguiam da cama encostando-se ao balaustre da janela, nas longas horas de leitura, pela adolescência afora!



COISAS DE MARIZA: PÉS...:                                                                                                                                   ...

O LUGAR DA POESIA - por Dinovaldo Gilioli

enviada por Ilma Fontes
jornal O Capital



PESSOAS & LUGARES - de Eduardo Waack

enviado por Ilma Fontes
jornal O Capital


Canto Aceso - Carlos Nóbrega - alguns versos

NATIVITÀ - Giovanni Campisi

enviado pelo autor

NATIVITÀ
Natale è già alle porte E il cuore batte più forte
Aspettiamo di vedere la Tua luce In questo nostro mondo amato
Che talvolta ci appare truce Ma che Tu con amore ci hai dato.
Vieni a noi o Bambino Gesù Vieni a noi da lassù
Per lasciarti amare Ogni giorno di più.
© Giovanni Campisi
NATIVIDADE
Natal está ao virar da esquina E o coração bate mais rápido

FELIZ NATAL E UM PRÓSPERO ANO NOVO! : “ O TESTE ” : APENAS MAIS UM CONTO DE NATAL Por : Pettersen Filho

enviado por JORNAL GRITO CIDADÃO: “A MÍDIA QUE NÃO FAZ MÉDIA”

FELIZ NATAL E UM PRÓSPERO ANO NOVO! : “ O TESTE” : APENAS MAIS UM CONTO DE NATAL Por : Pettersen Filho
Meu Pai, embora de origem rude, nascera no interior do Estado do Rio de Janeiro, quem se fizera na vida, de certa forma, um homem polido e articulado. Tão somente possuidor do Curso Primário, ainda que mal concluído, já, aos 12 anos, como Arrimo de Família, vítima de uma tragédia pessoal em que o seu Pai fuzilara um Visitante Noturno no Leito, adultero e mortal, de sua Mãe, ao ver a Família desfeita, migrara para a Capital do Estado, tendo se empregado em uma Sapataria , e, entre uma Pensão e outra, passando, menos por patriotismo que por Estado Famélico, pelo Serviço Militar, já bem cuidava da sua própria existência, como a vida áspera tanto lhe ensinou.

OS PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS E A RESILIÊNCIA DA POPULAÇÃO BRASILEIRA Por : Profa. Guilhermina Coimbra

enviado por  JORNAL GRITO CIDADÃO: “A MÍDIA QUE NÃO FAZ MÉDIA”

OS PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS E A RESILIÊNCIA DA POPULAÇÃO BRASILEIRA  Por :   Profa. Guilhermina Coimbra
..."O mundo é cheio de coisas mágicas, pacientemente, esperando que nossa percepção fique mais aguçada"...(In Russel, Bertrand, filósofo e matemático galês, 1872-1970).

PERSPECTIVAS DA ECONOMIA PARA 2016... Por : Adriano Benayon

enviado por 
JORNAL GRITO CIDADÃO: “A MÍDIA QUE NÃO FAZ MÉDIA”
PERSPECTIVAS DA ECONOMIA PARA 2016... Por : Adriano Benayon
Se bitolarmos o horizonte político dentro das regras constitucionais e legais presentes, as perspectivas da economia brasileira afiguram-se desfavoráveis, como acontece, há decênios, vitimada por mais uma das crises recorrentes a que conduz o modelo dependente.

Breve Visão dos Provérbios de Salomão...

O presente texto consiste em cento e cinquenta e cinco trovas derivadas da leitura do livro bíblico de Provérbios, cuja autoria é comumente atribuída a Salomão, rei de Israel, filho do rei Davi, por vezes com colaboração de outros autores. O livro de Provérbios contém trinta e um capítulos, nos quais são agrupados ditos e sentenças que resumem a sabedoria de Israel. Breve Visão dos Provérbios de Salomão...:

HAICAIS ÁSPEROS - de Rodrigo Poeta

Delicadeza. Eis a palavra que rege a obra poética de Rodrigo. Seguindo a tradição do Mestre Matsuo Bashô, aliada à crítica social e a forma revolucionária do modernista Guilherme de Almeida, sim; mas, sobretudo, com uma voz própria. E onde o jovem poeta fluminense encontra esta voz? Nos conflitos sociais. E, mais particularmente, nos conflitos que caracterizam a realidade brasileira.Ed. Costelas Felinas: HAICAIS ÁSPEROS - de Rodrigo Poeta

PASSAGENS DA VIDA - Reminiscências Silvério da Sil...

Nasci em 1926. Aos seis anos lidava com porcos e buscava animal na mata da Prefeitura. Os nomes dos animais eram: Canário, Bem-Feito e Fortaleza. Ia às cinco da manhã, meu pai me chamava para buscar lavagem para os porcos. Eu ia montado numa pipa com meu pai à cidade. Morávamos num sítio, saída de Itajubi até 1933. Mudamos para uma casa na cidade que possuía sala, dois quartos e uma cozinha toda de tábua. Tinha um quintal, um poço e uma bica d’água.



 PASSAGENS DA VIDA - Reminiscências Silvério da Sil...: Biografia  Vida de Silvério da Silva Braga retratada com belas palavras e fotos do autor. capa brochura 34 páginas Editora Costelas Felinas - livros artesanais

[DES]COM(PONDO) - Nijair Araújo Pinto

enviado por Nijair Araújo Pinto

novo livro de poesias, com 170 páginas, para os amigos, em primeira mão.
Se desejar adquirir, avise por e-mail.
Valor R$ 25,00.              nijair@hotmail.com




“ O TESTE ” : APENAS MAIS UM CONTO DE NATAL Por : Pettersen Filho

enviado por 
JORNAL GRITO CIDADÃO: “A MÍDIA QUE NÃO FAZ MÉDIA”

“ O TESTE” : APENAS MAIS UM CONTO DE NATAL Por : Pettersen Filho
Meu Pai, embora de origem rude, nascera no interior do Estado do Rio de Janeiro, quem se fizera na vida, de certa forma, um homem polido e articulado. Tão somente possuidor do Curso Primário, ainda que mal concluído, já, aos 12 anos, como Arrimo de Família, vítima de uma tragédia pessoal em que o seu Pai fuzilara um Visitante Noturno no Leito, adultero e mortal, de sua Mãe, ao ver a Família desfeita, migrara para a Capital do Estado, tendo se empregado em uma Sapataria , e, entre uma Pensão e outra, passando, menos por patriotismo que por Estado Famélico, pelo Serviço Militar, já bem cuidava da sua própria existência, como a vida áspera tanto lhe ensinou.

DIVULGA ESCRITOR - Revista Literária da Lusofonia/17

enviado por Divulga Escritor



Acesse gratuitamente Divulga Escritor: Revista Literária da Lusofonia. Edição especial Portugal 2015 - ISSN 2358-0119
Para conhecer proposta de participação/divulgação, encaminhar email para: revista@divulgaescritor.com
CLIQUE NO LINK PARA LER A REVISTA
Leia mais: http://www.divulgaescritor.com/products/divulga-escritor-revista-literaria-da-lusofonia-ano-iii-n-17-especialportugal2015/

Irineu Volpato no O Nheçuano por Nelson Hoffmann

Veja também poemas e fotos de livros publicados no jornal O Nheçuano 27/2015 - para ler a entrevista que acompanha estas fotos adquira o jornal - nhecuanos@yahoo.com.br

Autores &Livros: Emir Nunes Moreira e Antonio Fabiano

Versos de Benilson Toniolo

li e pesquei

Haicai - Cris Dakinis

li e pesquei de Cris Dakinis

Poema Teresinka Pereira pra CB e VV

GANHE UM PACOTE POÉTICO - PROMOÇÃO EDITORA COSTELA...

os números em vermelho são os mais
apostados - 
os
números em azul estão com poucas apostas -
os que estão em preto não
tiveram, ainda, nenhum apostador...
Qual seu número de sorte? Escolha
qualquer dezena acima e concorra
GRÁTIS  a um pacote poético.

Saiba mais em PROMOÇÃO DE NATAL, nosso presente para você! - Editora
Costelas Felinas - livros artesanais
GANHE UM PACOTE POÉTICO - 

"Ao meu amigo Juvenal, o carteiro" - João Alberto de Faria Araújo

enviado por João Alberto de Faria Araújo
"Ao meu amigo Juvenal, o carteiro", conquistou o segundo lugar no II PRÊMIO RADIOTELEGRAFISTA AMARO PEREIRA DE CRÔNICA idealizado e coordenado por Rodrigo Octavio Pereira de Andrade (Rodrigo Poeta), cujo tema foi "Uma carta para o carteiro".Participaram deste Prêmio 76 poetas e escritores do Brasil e do exterior e seis foram os vencedores. Aproveito para agradecer a oportunidade e felicitar os demais vencedores e a todos os participantes.

MANTRA DEMOCRÁTICO Por : Salvatore D' Onofrio

enviado por JORNAL GRITO CIDADÃO:
“A MÍDIA QUE NÃO FAZ MÉDIA”
MANTRA DEMOCRÁTICO Por : Salvatore D' Onofrio             A frase “o crime não vencerá a justiça”, pronunciada pela ministra do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia, em ocasião de seu voto acerca da prisão do senador petista Delcídio do Amaral, pode ser considerada um “mantra”. Termo este que, derivado do antigo sânscrito, deu origem ao latim “mens, mentis”, o órgão que nos faz pensar, a disposição mental. Na cultura indiana, hinduísta ou budista, a palavra mantra se reveste de um sentido espiritual, próximo da nossa profecia, indicando o que gostaríamos que acontecesse. O mantra mágico, quebrando os obstáculos, reverte situações do negativo para o positivo.

NATAL - EMANUEL MEDEIROS VIEIRA

enviado pelo autor


NATAL
EMANUEL MEDEIROS VIEIRA
Naqueles natais não havia peru defumado E sim presépio, missa do galo, brinquedos de madeira, ternura. Os shoppings estão cheios – como as novas catedrais do consumo. Pacotes, gente estressada, barulho. As pessoas só querem eletroeletrônicos de última geração. Tudo descartável: gente, bolsas, joias.

Ainda sou o mesmo - Luciano Marques / desenho: Cláudio Feldmann

enviado pelos autores


Ainda sou o mesmo
Pelo silêncio das mãos grito o meu cansaço. Na fala, uma areia fina envelhece a voz. Nos olhos, uma cortina ressentida.
A alma muda de cor, mas não se acaba. Ainda sou o mesmo, e sempre serei. Sou o mesmo de ontem, e agora!

MUDANÇAS : LONGE DE NOSSAS VISTAS Por : Nei Alberto Pies

enviado por JORNAL GRITO CIDADÃO:
“A MÍDIA QUE NÃO FAZ MÉDIA”
MUDANÇAS : LONGE DE NOSSAS VISTAS Por : Nei Alberto Pies Se, na verdade, não estou no mundo para simplesmente a ele me adaptar, mas para transformá-lo; se não é possível mudá-lo sem um certo sonho ou projeto de mundo, devo usar toda possibilidade que tenha para não apenas falar de minha utopia, mas participar de práticas com ela coerentes. (Paulo Freire)

Exposições em Cartaz -

enviado por FUNDAÇÃO PRÓ-MEMÓRIA DE SÃO CAETANO DO SUL






PROMOÇÃO DE NATAL já tem participantes - Seja você...

GOVERNO ARTICULA JURISTAS CONTRA O IMPEACHMENT Por : Júlio César Cardoso

enviado por JORNAL GRITO CIDADÃO:
“A MÍDIA QUE NÃO FAZ MÉDIA”
GOVERNO ARTICULA JURISTAS CONTRA O IMPEACHMENT Por : Júlio César Cardoso É uma balbúrdia a convocação de 30 juristas para defender Dilma Rousseff. Cada jurista defende a tese que quiser. Direito não é como Matemática, não é uma ciência exata. Portanto, os juristas de Dilma Rousseff foram articulados ou encomendados sob medida para fazer a defesa da presidente.  É um direito dela. Isso não significa que a interpretação desses juristas seja inquebrantável.

Antologia Grêmio Sabiá - org. Benedita Azevedo

Da leitura prazerosa de "ENCONTROS VIRTUAIS - Haicai na rede", percebemos que os poemas se enquadram nas linhas de tradição de Bashô. O kadô, caminho da poesia, faz-se agora, numa viagem virtual pela beleza das coisas simples, humildes, imperfeitas etransitórias ... A réplica de sons, no zum zum das abelhas, traz um dos preceitos de Shiki (uso de onomatopeias) e facilita a vivência do leitor. veja:
a gata Noia nos ajudando a empacotar os livros
também leia alguns poemas
e o prefácio de Regina Alonso clique Antologia Grêmio Sabiá 

MESARQUIA (fig. de linguagem) - poema de Olímpio Coelho de Araújo

Figura de Linguagem: MESARQUIA

PROMOÇÃO DE NATAL - Participe e Ganhe

A Editora Costelas Felinas quer presentear você neste natal com um belo pacote poético.

Tudo Grátis... Participe  desta promoção!!



Ed. Costelas Felinas: PROMOÇÃO DE NATAL - Participe e Ganhe:

Qual seu gosto literário? -

enviado por João Alberto de Faria e Araújo

Qual seu gosto literário?
Escolha o seu, aproveite os  títulos apresentados

SOBREVIVO - REYNALDO ARMESTO OLIVA / foto cláudia brino

enviado pelo autor

SOBREVIVO
No es posible definir la imagen que me dejas, esta mueca irrespetuosa que me empuja a convivir tras la huella de un pasado.

ALGUMAS IDÉIAS PARA CONSERTAR O BRASIL... Por : João Antonio Pagliosa

enviado por JORNAL GRITO CIDADÃO:
“A MÍDIA QUE NÃO FAZ MÉDIA”
ALGUMAS IDÉIAS PARA CONSERTAR O BRASIL... Por : João Antonio Pagliosa   A crise moral (criminalidade, corrupção, bandidagem generalizada e quetais), só será solucionada através da EDUCAÇÃO. Isto nunca é no curto prazo e o governo federal precisa, sem nenhum chororô, reservar 10% do PIB para esta finalidade.

EXPOSIÇÃO na Pinacoteca Municipal ÃO CAETANO DO SUL

enviado por
FUNDAÇÃO PRÓ-MEMÓRIA DE SÃO CAETANO DO SUL

UM BRAVO CANTO PARA DESATAR OS PERVERSOS NÓS! Confraria da Paixão

enviado por Confraria da Paixão UM BRAVO CANTO PARA DESATAR  OS PERVERSOS NÓS! Confraria da Paixão - Teatro e Cultura Popular
 Leia e veja algumas fotos da apresentação



O Teatro Procópio Ferreira estará apresentando, no próximo dia 18, às 21 horas, o espetáculo "Um bravo canto para desatar os perversos nós!", da Confraria da Paixão - Teatro e Cultura Popular, de São Paulo, com sede também em Guarujá.

APROVEITA, JULIETA - de João Paulo Hergesel

Não há como conhecer a prosa deste paulista e não vê-la com aquele véu mágico do desvelar de qualquer livro que nos marcará profundamente – alguns de seus contos trazem até o temor de serem relidos, tão intensa que foi a memória da primeira vez (que o diga Anilina, Ziguezague e Désirée). Mas tenho de ser honesto: João me cativa por sua poesia, a mesma agora que é oferecida em doses generosas neste livro.


 APROVEITA, JULIETA - de João Paulo Hergesel

HAICAIS ÁSPEROS - de Rodrigo Poeta

Delicadeza. Eis a palavra que rege a obra poética de Rodrigo. Seguindo a tradição do Mestre Matsuo Bashô, aliada à crítica social e a forma revolucionária do modernista Guilherme de Almeida, sim; mas, sobretudo, com uma voz própria. E onde o jovem poeta fluminense encontra esta voz? 
HAICAIS ÁSPEROS - de Rodrigo Poeta: