Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2016

O RELACIONAMENTO ENTRE AS GERAÇÕES; DO CONFORTO AO ENTENDIMENTO - por Gustavo G. Boog

enviado por Antonio Pastori, guardião da Domingueira Poética

LANÇAMENTO DE LIVRO : “O CÓDIGO BUSHI” - VAMIR PETTERSEN – CERIMONIAL INCONFIDENTE MINEIRO Por : Pettersen Filho

LANÇAMENTO DE LIVRO :  “O CÓDIGO BUSHI” - VAMIR PETTERSEN – CERIMONIAL INCONFIDENTE MINEIRO Por : Pettersen Filho
““O que significa o termo Bushi e qual a real dimensão do conceito Bushido?” Assim o Escritor, Romancista, Engenheiro Civil, Jornalista e Professor de Karatê, Vamir Pettersen, abre o seu Livro: “O Código Bushi”, enquanto já prepara as suas malas, para desembarque em Belo Horizonte, no próximo mês, dia 16 de Setembro, onde, também fará, no Cerimonial Inconfidente Mineiro o Lançamento Regional do seu Livro, já bem divulgado em outras regiões do Brasil. Esclarecendo a indagação original, Vamir Pettersen, complementa: “A estas perguntas nos remete o romance

Academia Brasileira de Filosofia - programe-se

enviado por Antonio Pastori, guardião da Domingueira Poética

CARLOS LUCENA : SHOW NO CERIMONIAL INCONFIDENTE MINEIRO DIA 10/09 Por : Release de Carlos Lucena

CARLOS LUCENA : SHOW NO CERIMONIAL  INCONFIDENTE MINEIRO DIA 10/09
Por : Release de Carlos Lucena
Apresentando uma poética quase sempre voltada para questões sociais e temas ligados à natureza e sua preservação, a obra de Carlos Lucena(Cacá), que se apresentará no próximo dia 10/09, no Cerimonial Inconfidente Mineiro, em Belo Horizonte,, retrata com delicadeza conflitos da existência humana. Registra em seu trabalho a participação de valores como Lô Borges, Tadeu Franco, Paulinho Pedra Azul, Sérgio Moreira, Pereira da Viola, Fernanda Lucena, Dércio Marques, Mozart Mello e outros. Lançou seis discos – “Raízes do franco”, de 1982, “A dança das folhas”, de 1985, “Pomar dos deuses”, de 1992, “Brisa aos homens”, de 1999, “Jogo do jogo”, de 2007, e agora, “Fogo e ar”, de 2016. .. http://www.abdic.org.br/index.php/home-10/1360-carlos-lucena-show-no-cerimonial-inconfidente-mineiro-dia-10-09

enviado por JORNAL GRITO CIDADÃO: “A MÍDIA QUE NÃO FAZ MÉDIA” www.abdic.org.br


CERIMONIAL INCONFIDENTE MINEIRO: EVENTOS DO MÊS DE SETEMBRO : SARAU “INCONFIDENTE MINEIRO” – DIA 04 DE SETEMBRO, NO “BAR DU JOÃO”... Por : Pettersen Filho

CERIMONIAL INCONFIDENTE MINEIRO: EVENTOS DO MÊS DE SETEMBRO :  SARAU “INCONFIDENTE MINEIRO” – DIA 04 DE SETEMBRO, NO “BAR DU JOÃO”... Por : Pettersen Filho
Ocorrendo originalmente, sempre aos Primeiros Domingos do Mês, o Sarau de Poesia “Inconfidente Mineiro”, agora de quinze em quinze dias,, ocorrerá  no  próximo dia 04 de Setembro, das 13:00 às 16:00 hs, no “Bar du Joâo”, no Bairro Santa Amélia – Belo Horizonte - MG, na Região da Pampulha, com a presença marcante de vários Poetas, Escritores, Músicos e Entusiastas da Cultura, a exemplo da última versão, em que compareceram pessoas Notáveis, como Emerson Bastos, Poesia, Causo e Contos, Pettersen Filho,, dente outros..

MEDITAÇÕES - por EMANUEL MEDEIROS VIEIRA

MEDITAÇÕES EMANUEL MEDEIROS VIEIRA
“A vida é uma ponte, não tente construir a sua casa sobre ela” (Buda)
Conseguiremos colocar nossa mente no espelho da eternidade, como pedia Santa Clara de Assis? É um tempo de tantas “verdades”. Serão verdades? Dogmatismos, fundamentalismos, xingamentos, maniqueísmos. Já fiz essa pergunta: a internet acelera a comunicação, mas consegue aprofundá-la? Fama, poder, glória. O que isso significa? Estarei sendo claro? Apesar de tantas possibilidades tecnológicas, há um sentimento socializado de “solidão”, de  afastamento entre os homens. E desesperança. Violência. Mas estamos aqui. Ainda vivos. Estamos preparados para enfrentar “a terceira margem do rio?”

PALESTRA E DEBATE: Prescrições para o Autodesasséio - por Maximiliano Haymann

enviado por Antonio Pastori, guardião da Domingueira Poética

PALESTRA: "do movimento academicista, no Brasil, a uma balada portuguesa" - por Cybelle Moreira de Ipanema

enviado por Antonio Pastori, guardião da Domingueira Poética

PARA OS AMANTES DA CULINÁRIA FRANCESA: Soirée Crêpes à l'AF Santos

confira o menu abaixo

MEU FILHO CRESCEU - por hilda curcio

MEU FILHO CRESCEU
                  Quando nasceu certifiquei-o atleta lindo alto castanho olhos azuis pele clara sol nem-pensar todo vermelho. Amontoava fotos engraçadinhas lindo tudo fazia poses variadas histórias diversas vontade de crescer logo meninas sexo experiência tudo eu preocupada ansiosa medrosa de tudo e nem-sei-quê mais ainda quando entrou pra faculdade direito queria fazer direito. Direito? Dá dinheiro juiz promotor até delegado sei lá alguma-coisa-assim. Vez em quando roçam-me a memória inesquecida, a primeira medalha... o primeiro troféu... o primeiro diploma... Jardim III para a primeira série do ensino fundamental. O primeiro beijo a menina quase engoliu sua língua pavor raiva preocupação ódio lambisgoia piranha puta vagabunda Vai... vai engolir a língua do meu filho... meu filhinho... engoliu... engoli... u!!! O que é isso? O que vou fazer agora? Meu filho cresceu. Precisava.

SARAU " UM AUTOR NA CIRANDA POÉTICA" - PATRÍCIA GALVÃO

enviada por Clara Sznifer

POEMA de Bruno Lopes Curiel

Tudo o que ouço agora é tristeza
Em meu coração só há silêncio
Mera resposta do antigo prenúncio
Da vida que voltaria a ficar sem beleza

Lágrima desce à memória daquele sorriso
Saudade fere na lembrança daquele carinho
Mas eu sei, ela teve de seguir seu caminho
Só queria ter de volta o meu paraíso

A ausência é fantasmagórica
A espera incerta me angustia
Só me resta a vontade louca
De reviver as emoções que sentia

Poesia em Voz Alta, ANE

Com alegria e satisfação, convido para a sessão de abertura do Projeto Poesia em Voz Alta, que a  ANE realizará na próxima sexta-feira, 26.8.2016, às 20h, no Auditório Cyro dos Anjos. O espetáculo inaugural, intitulado POESIA PARA BRASÍLIA, homenageará os poetas Anderson Braga Horta e Alexandre Pilati, ambos autores de obras em que nossa cidade está presente como personagem ou inspiração. Gostaria de contar com suas presenças, lembrando tratar-se de evento altamente significativo na trajetória cultural da ANE.

comemoração aos 10 anos de instalação da Academia Vicentina de Letras, Artes e Ofícios.

convide-se 

convite das festas de comemoração aos 10 anos de instalação da Academia Vicentina de Letras, Artes e Ofícios. Esperamos você lá. 

Obrigada.
Deise- Secretária
enviado por deise domingues giannini

AUTORES & LIVROS - por Inês Hoffmann e Nelson Hoffmann

página 10 do jornal O NHEÇUANO /2016

nosso livro ENCAIXE nas palavras de Autores & Livros

SHOW CARLOS LUCENA : “EM. CANTO LIVRE” – CERIMONIAL INCONFIDENTE MINEIRO Por: Pettersen Filho

SHOW CARLOS LUCENA : “EM. CANTO LIVRE” – CERIMONIAL INCONFIDENTE MINEIRO Por: Pettersen Filho
Recém vindo da Europa, onde apresentou-se, Portugal, Espanha, França e Áustria, Influenciando, com sua Cultura, e Raízes Mineiras, também sendo Influenciado por ritmos genuinamente oriundos do Velho Continente, dentre eles o Fado e a Musica Flamenca, Carlos  Lucena se prepara para inédito Show no Brasil, “Em.Canto livre”, mais especificamente na sua Cidade de acolhimento, Belo Horizonte – MG, natural que é de Joaíma, Vale do Jequitinhonha, no Cerimonial Inconfidente Mineiro, dia 10 de Setembro próximo.

O que você faz moço? ... * por Robson Waite

enviado pelo autor

PRÉ-LANÇAMENTO DO LIVRO “LEITURA E ESCRITA NA ESCOLA: ENSINO E APRENDIZAGEM” (edição revista e ampliada – editora Multifoco, 2016)

PRÉ-LANÇAMENTO  DO LIVRO
“Leitura e escrita na escola: ensino e aprendizagem” (edição revista e ampliada – editora Multifoco, 2016) Os residentes em Ipojuca podem reservar os exemplares da obra diretamente comigo (por meio deste canal: https://www.facebook.com/robertodequeiroz.2) e os receber no dia do lançamento, cuja data e local ainda serão definidos.

O NHEÇUANO

O NHEÇUANO aguarda seu contato.
Adquira seu exemplar - 

HOMO PRÉ-HISTÓRICO NA AMÉRICA DO SUL

HOMO PRÉ-HISTÓRICO  NA AMÉRICA DO SUL
pág 02 do jornal O Nheçuano

TODOS OS AMIGOS QUE ACOMPANHAM O VARAL DO BRASIL: SABER O MOMENTO EXATO

SABER O MOMENTO EXATO

Saber o momento exato para alguma coisa é algo muito difícil, se não for, mesmo, algo impossível. O momento exato de começar algo, de levar adiante e enfim, de parar. Eis o que talvez seja o mais difícil de tudo. Saber o momento de parar.
Hoje, a dois meses de completar sete anos de atividades, venho comunicar a todos os amigos que o VARAL DO BRASIL está encerrando suas atividades, nelas incluindo aqui a revista literária, motor do que se tornou o Varal para a comunidade literária lusófona internacional.

Iniciei o Varal em 2009 com o objetivo de fazer “literatura sem frescuras” num mundo literário avesso à simplicidade e aos escritores “iniciantes”. Considero que fui longe, bem mais do que poderia sequer mesmo imaginei. A revista, as antologias, os concursos, as participações no Salão Internacional do Livro de Genebra, os eventos aqui na Suíça e no Brasil... Um longo, frutuoso e feliz caminho, por onde fui encontrando pessoas que hoje são mais do que pessoas conheci…

REFLEXOÊS CONTEMPORÂNEAS E URGENTES Por: Nei Alberto Pies,

REFLEXÕES CONTEMPORÂNEAS E URGENTES Por : :Nei Alberto Pies,
Vivemos num momento histórico rico, denso e controverso. A realidade contemporânea tem diferentes textos e contextos, que precisam ser lidos e interpretados. Nesta perspectiva, junto aqui alguns pequenos textos por mim elaborados e publicados, em separado. Juntos, pretendo dar a eles um contorno e uma articulação, cuja intenção é dar maior interpretação ás diferentes realidades nas quais estamos inseridos.

SHOW CARLOS LUCENA : “EM. CANTO LIVRE” – CERIMONIAL INCONFIDENTE MINEIRO Por: Pettersen Filho

SHOW CARLOS LUCENA : “EM. CANTO LIVRE” – CERIMONIAL INCONFIDENTE MINEIRO Por: Pettersen Filho
Recém vindo da Europa, onde apresentou-se, Portugal, Espanha, França e Áustria, Influenciando, com sua Cultura, e Raízes Mineiras, também sendo Influenciado por ritmos genuinamente oriundos do Velho Continente, dentre eles o Fado e a Musica Flamenca, Carlos  Lucena se prepara para inédito Show no Brasil, “Em.Canto livre”, mais especificamente na sua Cidade de acolhimento, Belo Horizonte – MG, natural que é de Joaíma, Vale do Jequitinhonha, no Cerimonial Inconfidente Mineiro, dia 10 de Setembro próximo.

O workshop "Som em Cena" volta a Santos para uma nova temporada

O workshop "Som em Cena" volta a Santos para uma nova temporada
Idealizado pelo compositor Beto Strada em 2003, seuobjetivo principal é ensinar a história do som e da música no cinema. Composto de conteúdo teórico e prático, nele os envolvidos irão realizar a sonorização de um vídeo através de técnicas de foley - termo utilizado para descrever um processo de pós-produção de efeitos sonoros para reforçar um som ambiente de filmes, games, vídeos ou outros trabalhos multimídia. O objetivo do Foley é complementar ou substituir o som gravado no momento da filmagem (conhecido como som direto). O som final dos filmes utiliza uma combinação de ambos.

XVI Concurso Nacional PoeArt de Literatura – 2016 HOMENAGEM A UM RENOME DE NOSSA LITERATURA

XVI Concurso Nacional PoeArt de Literatura – 2016 HOMENAGEM A UM RENOME DE NOSSA LITERATURA
Para a edição do livro Vozes de Aço volume XVIII que será nosso 38º livro editado (Prazo: ATÉ 20 de AGOSTO de 2016)
(Preferencialmente pela INTERNET ou pelos Correios)
   A PoeArt Editora de Volta Redonda RJ, institui o livro Vozes de Aço XVIII (depois das bem sucedidas Antologias Poéticas de Diversos Autores, Vozes de Aço da I a XVII, depois do sucesso da I a VI Coletânea Século XXI, do livro Cardápio Poético, 1ª e 2ª edição, I e II Coletânea Viagem pela Escrita. Dentre os já homenageados por suas contribuições literário-culturais em nossos livros, estão: Adahir Gonçalves Barbosa, Alan Carlos Rocha, Álvaro Alves de Faria, Clevane Pessoa, Flávia Savary, Flora Figueiredo, Gilberto Mendonça Teles, Maria Braga Horta (in memoriam), Maria José Bulhões Maldonado, Mauro Mota, Olga Savary, Oscar Niemeyer, Pedro Albeirice da Rocha e Pedro Viana.
Para premiar autores de ambos os sexos, maiores de dezoito an…

Tem coisa que machuca... * por Robson Waite

enviado pelo autor

ançamento do livro Do que é feito o POETA, de Anderson Braga Horta,

É com satisfação que convido para o lançamento do livro Do que é feito o POETA, de Anderson Braga Horta, na   próxima quarta-feira, 10 de agosto de 2016, a partir das 18h30, no foyer do Auditório Cyro dos Anjos.

OS PRIMÓRDIOS DA NACIONALIDADE PORTUGUESA - Trabalho e pesquisa de Carlos Leite Ribeiro

Portugal, Espanha e Gibraltar (território britânico desde 1704 e retificado pelo tratado de Utrecht, em 1713), formam uma península chamada Ibérica, no extremo da Europa.
Portugal é um país pequeno, pois a sua superfície não vai além de 89.560 Km2. A sua costa é banhada pelo Oceano Atlântico, numa extensão de 845 Km.
Milhares de anos antes de se formarem as duas nações com os nomes de Portugal e Espanha, outros países e outros povos houve na Península.
Então, o homem era um ser de existência rude. Vivia em cavernas e fazia as suas armas e utensílios de pedra, ossos e espinhas de peixe. Muitos anos depois, aprendeu a fazer toscas construções à beira dos lagos.
Vários povos invadiram a Península, alguns vindos de muito longe, pela terra ou pelo mar.
Os Lígures são os primeiros de que há notícia, seguidos pelos iberos. Depois vieram os Fenícios e os Gregos. A Fenícia era, então, um país muito progressivo e desenvolveu a civilização em vários pontos da Península.

João Pessoa meu amor

João Pessoa meu amor - Blog do Tião Lucena

enviado por Raniery Abrantes

Ser poeta... * por Robson Waie

enviada pelo autor

Concurso prestigia revistas independentes

Editores independentes podem enviar suas revistas para este concurso.

Ucai Brasil Portugal * Programação 2017

COLETÂNEA LITERÁRIA - lançamento - SEM FRONTEIRAS PELO MUNDO

Misticismo em épocas antigas - (breve resenha) ** Trabalho e pesquisa de Carlos Leite Ribeiro

Desde a mais longínqua antiguidade e em todas as partes do globo, têm-se registado trabalhos místicos considerados miraculosos, isto é, aparentemente inexplicáveis. A Arqueologia, tem encontrado vestígios de práticas místicas, nas antigas Civilizações, como: Mesopotâmia; Persas; Egito Antigo; Hebreus; Hititas; Grécia Antiga; Roma Antiga; Creta; Povos Bárbaros; Celtas; Etruscos; Astecas; Maias; Incas; etc.
A faculdade mediúnica (mística), tanto natural como de prova, acompanha a vida humana, pois desde que o homem existe, um Deus Superior, os Espíritos (ou Entidades) estão sempre prontos a se comunicar com ele. Um estudo da mediunidade através dos tempos exige uma ampla pesquisa no sentido de resgatar as contribuições dadas pelo homem da caverna, pelas pitonisas, pelas bruxas e pelos médiuns/videntes em cada etapa do desenvolvimento da sociedade.
No Egito dos faraós e dos Ptolomeus tinha templos de Ísis e de Serápis consagrados à realização desses prodígios miraculosos. Os mais famosos e …

QUERIDA MÃE * Camila Gomes

QUERIDA MÃE
Por que tu partiste? Deixaste-me aqui, a pensar em ti A morte não te deixou escolher Minha querida e amada mãe
Não queria perder-te Triste, estou pensando em ti Sei que não querias me ver sofrendo À noite, em sonhos, vens me ver
E quando digo para me abraçar, minha mãe Tu começas a desaparecer e somes na escuridão Deixando triste meu pobre coração Que saudade de ti, mamãe

O PÃO NOSSO DE CADA DIA: A VIOLÊNCIA (E curtas meditações sobre a Olimpíada) ** EMANUEL MEDEIROS VIEIRA

O PÃO NOSSO DE CADA DIA: A VIOLÊNCIA (E curtas meditações sobre a Olimpíada) EMANUEL MEDEIROS VIEIRA
Talvez viva me repetindo. Por que ninguém escuta? Somos fruto de nossas obsessões. O tema sobre o qual quero refletir é a Violência.
A antropóloga Miriam Goldenberg, em coluna de jornal, transcreve depoimento de um músico de 47 anos:
“Eu também morro um pouco junto com todos que estão sendo assassinados, roubados, estuprados. Perdi a esperança de que o Brasil renasça das cinzas e podridão. Costumava acompanhar obsessivamente todas as notícias dos jornais e televisão. Agora não aguento mais ouvir casos e mais casos de violência e de corrupção. (...) Sinto uma angústia enorme, uma impotência, uma espécie de ressaca física e emocional. (...) A antropóloga traz também palavras de uma professora de 53 anos: “As pessoas estão muito mais agressivas. São violências diárias, cotidianas, sem qualquer motivo. Um vendedor que me trata mal, um aluno que me ignora, um colega que me desrespeita. Motoristas qu…

SARAU - Poeta Saia da Gaveta -

enviado por PSG

Cotiporã Cultural nº 64.

Segue o fanzine literário Cotiporã Cultural de nº 64. Espero que apreciem. Votos a todos de Paz e bem. Abraços.
enviado por Adão Wons - leia os poemas desta edição

O amor muda..... * por Robson Waite

enviado pelo autor

ENCAIXE em resenha de Helder Miranda

fomos encaixados novamente.. mas desta vez em resenha de Helder Miranda, dêem uma sacada no que o cara escreve... a gente fica até sem jeitinho..rssss   CLIQUE AQUI .: "Encaixe" é Cláudia Brino feat. Vieira Vivo e vice-versa ~ Resenhando.com: Portal de Cultura e Entretenimento RESENHANDO.COM

REVISTA VARAL DO BRASIL No 42, DE JULHO/2016

Artesanal Livros compartilhou a publicação de Jacqueline Bulos Aisenman.8 de julho às 23:31 · 

Jacqueline Bulos Aisenman com Varenka De Fátima Araújo.
8 de julho às 07:16 · 
VARAL ESTENDIDO! REVISTA VARAL DO BRASIL No 42, DE JULHO/2016 Olá amiga, olá amigo!