Pular para o conteúdo principal

TIO CALOGERO - Giovanni Campisi

enviado pelo poeta

poeminha trilingue 
(siciliano, italiano, português).





U ZU CALÒRIU

U zu calòrio
Avìa nu urticèddu
Arrèri a casa.

Ogni jòrnu
U zappàva
E ci mittèva
A rasciurèdda.

Chiantàva
Cipùddi,
Pumadòra,
Mulinciàni,
Pipirèdda,
Cucùzzeddi
E tanti àutri cosi.

U so urticèddu
Era u cchiù beddu
Du paìsi.

U zu Calòrio
Era davèru orgugliùsu
Du so urticèddu
E cu iddu
Ci dava a manciàri
A tutta a famigghìa.

N’jòrnu arrivàu
Na ruspa ranni
E cu quattru botti
Si purtàu l’urticèddu.

U zu Calòrio taliàva
E chiancìa
Comu ‘n carusèddu.

Iddu sapìa già
Ca so vita
Gn’era cchiù
A stissa.

U so cori
Si fici picciriddìcchiu
E i so occhi
Beddi e nìuri
Comu a pici
Divintànu tristi
Pi sempri.

© Giovanni Campisi
LO ZIO CALOGERO

Lo zio Calogero
Aveva un orticello
Dietro casa.

Ogni giorno
Lo zappava
E ci metteva
Lo sterco.


Piantava
Cipolle,
Pomodori,
Melanzane,
Peperoni,
Zucchine,
E tante altre cose.

Il suo orticello
Era il più bello
Del paese.

Lo zio Calogero
Era davvero orgoglioso
Del suo orticello
E con esso
Dava da mangiare
A tutta la famiglia.

Un giorno arrivò
Una grande ruspa
E con quattro colpi
Spazzò via l’orticello.

Lo zio Calogero guardava
E piangeva
Come un bambino.

Lui sapeva già
Che la sua vita
Non sarebbe stata
Più la stessa.

Il suo cuore
Si fece piccolo piccolo
E i suoi occhi
Belli e neri
Come la pece
Divennero tristi
Per sempre.

© Giovanni Campisi
TIO CALOGERO

O tio Calogero
Tinha um pequeno jardim
Atrás da casa.

Cada dia
O enchia
E colocava
O esterco.

Plantava
Cebolas,
Tomates,
Berinjela,
Pimentas,
Abobrinha,
E muitas outras coisas.

Seu pequeno jardim
Foi o mais bonito
Do país.

O tio Calogero
Era muito orgulhoso
De seu quintal
E com ele
Estava se alimentando
A família inteira.

Um dia ele veio
Um grande bulldozer
E com quatro tiros
Varreu a quintal.

O tio olhava Calogero
e chorava
Como uma criança.

Ele já sabia
Que a sua vida
Não seria a mesma
Ao longo do tempo

Seu coração
Se encolheu
E os olhos
Lindos e negros
Como breu
Ficaram tristes
Para sempre.

© Giovanni Campisi


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI - que trará uma Homenagem ao poeta e professor Pedro Lyra – 
(será o 41º livro editado pela PoeArt Editora- DESDE 2006 COM VOCÊ!) (Prazo: ATÉ 30 de abril de 2017)
(somente pela INTERNET)


   A PoeArt Editora de Volta Redonda RJ, institui o livro VII Coletânea Século XXI  (depois das bem sucedidas Antologias Poéticas de Diversos Autores, Vozes de Aço da I a XVIII, depois do sucesso da I a VI Coletânea Século XXI, do livro Cardápio Poético, 1ª e 2ª edição, I a III Coletânea Viagem pela Escrita. Dentre os já homenageados por suas contribuições literário-culturais em nossos livros, estão: Adahir Gonçalves Barbosa, Alan Carlos Rocha, Álvaro Alves de Faria, Astrid Cabral, Clevane Pessoa, Flávia Savary, Flora Figueiredo, Gilberto Mendonça Teles, Maria Braga Horta (in memoriam), Maria José Bulhões Maldonado, Mauro Mota, Olga Savary, Oscar Niemeyer, Pedro Albeirice da Rocha e Pedro Viana.


SEM TAXA DE INSCRIÇÃO: (AT…

SAFRA VELHA DE CLÁUDIA BRINO recebe indicação do International Poetry News

É com alegria e surpresa que acabo de receber de Giovani Campisi a notícia de que o livro Safra Velha de Cláudia Brino (Costelas Felinas) é um dos livros indicados para concorrer ao Prêmio Nobel de Literatura 2018.

Indicado pelo jornal International Poetry News entre 25 títulos de autores internacionais encaminhados ao Comitê Organizador do Prêmio Nobel de Literatura - 2018
A indicação foi feita pela Direzione Editoriale / Edizioni Universum

clique na imagem e veja a IPN  INDICAÇÃO NO - INTERNATIONAL POETRY NEWS


Este livro não é vendido em livrarias e se movimenta à margem da grande mídia. Adquirindo a versão impressa você receberá dedicatória especial tendo o seu nome impresso no livro.