Pular para o conteúdo principal

Trato de Levante - Bellé Jr.



Não perca essa oportunidade - lançamento dia 06 de julho em São Paulo

Trato de Levante (editora Patuá), segundo trabalho poético de Bellé Jr., é um livro de poesia narrativa com tendência pornográfica e apelo libertário.

Apaixonada e profundamente sulamericana, a obra conta dos dias que sucederam a revolução social, estalada em 2013 junto às jornadas de junho. No sudoeste do Paraná elas culminaram na vitória sangrenta dos rebeldes e na instauração de um território livre: o Quilombo. Após o Levante, há um mundo a ser reerguido, uma realidade a ser inventada. É quando uma poeta negra, viajante de espírito livre, desembarca dentro das fronteiras insurgentes. Chama-se Valentina e traz consigo, na mochila, outra revolução imprescindível, outro levante inédito e inadiável. Ela vem atrás de recrutas.
..

O livro foi iniciado no Brasil e finalizado nos Estados Unidos. Em São Paulo, a maior parte das poesias-guia foi escrita. Apesar de se tratar de poesia narrativa, de uma história com começo, meio e fim, há também versos soltos e independentes, versos estes que guiam o desenrolar do enredo.


Na segunda metade de 2013, Bellé foi aceito em duas residências artísticas: Yaddo Art Colony e Art Farm Nebraska. Durante quatro meses, permaneceu isolado entre os jardins de Saratoga Springs e o deserto verde da pequena Marquette. Lá escreveu toda a voz feminina presente no livro, rearranjou a relação de seu homônimo, de seu xará com a protagonista Valentina, até o livro conhecer seu desfecho. 
..

Duas dessas poesias tornaram-se músicas. A mais explícita delas,  “Escombro” foi rebatizada pelo cearense Daniel Groove e tornou-se “Teu Homem”. Foi gravada no estúdio Cambuci Roots e produzida por João Vasconcelos. O mesmo com “O tempo das horas”, composta pelo paraense Saulo Duarte, música oriunda dos esfumaçados versos de “Um beque a dois”.
..
Outras duas poesias do Trato de Levante tornaram-se roteiro para o curta-metragem “O poente orgasmo de Valentina”, do diretor Alexandre Paschoalini, a ser lançando em agosto de 2014.
..

Bellé Jr., 29, é poeta nascido em Francisco Beltrão, sudoeste do Paraná. Foi criado entre Curitiba e os Campos Gerais, mas acabou radicado em São Paulo, onde vive há sete anos. Em 2010 publicou de forma independente o primeiro livro de poesias, O Sonhador Que Colhe Berinjelas na Terra das Flores Murchas. Sua  terceira edição esgotou durante a Feira Plana 2, mas a versão digital segue gratuita. É também jornalista, autor do livro reportagem “Balaclavas & Os Profetas do Caos” (Livro Novo).

Veja abaixo um dos poemas que faz parte do livro e os links para adquirir um exemplar ou entrar em contato com o autor.

o poeta que amo é comunista

não tenho dúvidas sobre meu coração anarquista
e assim seguimos de versos dados
apertamos o caudilho e disparo 
meu pássaro negro vara a tempestade 
num desespero libertário de vida 
e de morte 
rima no poente sangue de nosso povo sulamericano
as tintas sílabas em teu vermelho de oceano
rebelde que nunca se rende
não sei se somos 
ou nos tornamos
tua poesia tem densidade de cobre
verve vulcânica aflora na altura dos andes
pura lava de copihue 
que lavra 
a brava terra mapuche
.
Links


_Mais trabalhos do autor - http://juniorbelle.com/

_Site do livro Trato de Levante - http://tratodelevante.com.br/
..

Links para download

_Link para o evento de lançamento - https://www.facebook.com/events/464105290400179/?fref=ts

Comentários

Anônimo disse…
MUITO INTERESSANTE, GOSTEI DE SABER DESTE TRABALHO... E PRETENDO ENTRAR EM CONTATO COM O AUTOR... PARABÉNS PELA BELA CAPA....

MARTA NOGUEIRA....
Junior Bellé disse…
Olá Marta!

Que bom que gostou, espero que o livro, quando em suas mãos, também te agrade, te embale. Caso queira papear, é só gritar pelo jrbellejr@gmail.com
Anônimo disse…
GOSTAMOS PACAS DO VÍDEO, QUEM É O CARA QUE TÁ NO VIOLÃO? É VOCÊ?
MUITO BOA A LEITURA... APROVADO....!!!!!!

JORGE LAMPARINA E JOSEFA
Junior Bellé disse…
Oi Jorge.

O sujeito no violão é o paraense Saulo Duarte, ele musicou essa poesia minha em 2012 e estava tocando com os amigos. O Saulo acaba de lançar o segundo disco, já está na praça.

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI - que trará uma Homenagem ao poeta e professor Pedro Lyra – 
(será o 41º livro editado pela PoeArt Editora- DESDE 2006 COM VOCÊ!) (Prazo: ATÉ 30 de abril de 2017)
(somente pela INTERNET)


   A PoeArt Editora de Volta Redonda RJ, institui o livro VII Coletânea Século XXI  (depois das bem sucedidas Antologias Poéticas de Diversos Autores, Vozes de Aço da I a XVIII, depois do sucesso da I a VI Coletânea Século XXI, do livro Cardápio Poético, 1ª e 2ª edição, I a III Coletânea Viagem pela Escrita. Dentre os já homenageados por suas contribuições literário-culturais em nossos livros, estão: Adahir Gonçalves Barbosa, Alan Carlos Rocha, Álvaro Alves de Faria, Astrid Cabral, Clevane Pessoa, Flávia Savary, Flora Figueiredo, Gilberto Mendonça Teles, Maria Braga Horta (in memoriam), Maria José Bulhões Maldonado, Mauro Mota, Olga Savary, Oscar Niemeyer, Pedro Albeirice da Rocha e Pedro Viana.


SEM TAXA DE INSCRIÇÃO: (AT…

SAFRA VELHA DE CLÁUDIA BRINO recebe indicação do International Poetry News

É com alegria e surpresa que acabo de receber de Giovani Campisi a notícia de que o livro Safra Velha de Cláudia Brino (Costelas Felinas) é um dos livros indicados para concorrer ao Prêmio Nobel de Literatura 2018.

Indicado pelo jornal International Poetry News entre 25 títulos de autores internacionais encaminhados ao Comitê Organizador do Prêmio Nobel de Literatura - 2018
A indicação foi feita pela Direzione Editoriale / Edizioni Universum

clique na imagem e veja a IPN  INDICAÇÃO NO - INTERNATIONAL POETRY NEWS


Este livro não é vendido em livrarias e se movimenta à margem da grande mídia. Adquirindo a versão impressa você receberá dedicatória especial tendo o seu nome impresso no livro.