QUERIDA MÃE * Camila Gomes

QUERIDA MÃE

Por que tu partiste?
Deixaste-me aqui, a pensar em ti
A morte não te deixou escolher
Minha querida e amada mãe

Não queria perder-te
Triste, estou pensando em ti
Sei que não querias me ver sofrendo
À noite, em sonhos, vens me ver

E quando digo para me abraçar, minha mãe
Tu começas a desaparecer e somes na escuridão
Deixando triste meu pobre coração
Que saudade de ti, mamãe


Lembro-me do dia em que sonhava te ver
Pena, mas, não pude ir
de madrugada o telefone tocou
o médico dizia que teu coração parou

De manha, quando acordei
Não estava muito bem
Eu já pressentia que Jesus tinha vindo
E levava tua alma para o céu...

(Dedicado à minha mãe Maria Conceição Gomes)

poema enviado pela autora
Nome: Camila Gomes

Biografia: Camila Gomes nasceu em Londrina, em 1989. Sempre se dedicou ao desenho e poesia. Publicou no jornal Club Poético/PR (2012), na revista literária Varal do Brasil (2013 a 2016); Olaria das Letras (2014), Letras Santiaguenses (2013 a 2016) e nos sites Recanto das Letras e Arte Brasil.
Ficou em 8º lugar no Concurso Nacional de Poesias Zé Mitoca (2013); foi classificada no II Prêmio Nacional Licinho Campos de Poesias de Amor e no 29º Festival Poético de Cornélio Procópio (PR). Recebeu Diploma de destaque no XIV Concurso de poesia Agostinho Gomes, em Portugal (2013).
Diplomas da Semana de Ação Mundial pelo Direito à Educação por organizar os eventos da campanha em Londrina (2014 e 2015) e Requerimentos 6013 e 0071, respectivamente de outubro de 2014 e março de 2016 da Câmara Municipal de Londrina por suas conquistas na área da literatura. 
Sétimo lugar no Concurso Internacional de Poesia (Academia Giraldo/SP) em novembro de 2014; Selecionada com o poema Querida mãe no X Prêmio Literário Valdeck Almeida de Jesus/2014 (Salvador/BA) e Menção Honrosa no V Concurso de Poesias Cidade de Ourinhos 2015.
Quem quiser conhecer um pouco mais sobre meus poemas entre no Recanto das Letras:
http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=98695

Comentários