Pular para o conteúdo principal

short cut/ long road (ou amor x pizza)

Convite para a abertura da exposição,  short cut / long road (ou amor x pizza) - elvis almeida e mariana moysés  - curadoria: pedro sánchez

quarta-feira, dia 10 de setembro, às 19h
Galeria 1 - Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto

Rua Humaitá, 163 (entrada pela Visconde e Silva)
short cut/ long road (ou amor x pizza)


Transferência para a linha dois na Estação Estácio. Sábado à tarde. De lá para São Cristóvão onde espero o trem para Saracuruna na plataforma 6. O alto-falante anuncia que ele chegará em 16 minutos. Sorte. Avisto um ambulante  e vou atrás de uma cerveja. Só tem água e refri. Azar. Algumas pessoas me olham quando entro no vagão. Fones de ouvido, biscoito polvilho e cortadores de unhas negociados ali. São três ou quatro paradas até a estação de Ramos, onde passo pelo buraco do trem para o outro lado da pista. Algumas quadras e lá estou no atelier da Kovok onde Elvis e Mari me esperam. Antes de subir damos uma passada no Mundial e pegamos umas Teresópolis Rubine, uma Pringles que tava na promoção e um Matte.


short cut/ long road ou (amor x pizza) é meio que um apanhado de dois anos da versátil e afiada produção de Elvis Almeida e Mariana Moysés. Mariana mostra serigrafias; desenhos em papel e em variados tipos de objetos – pratinhos de louça e lenços; colagens; desenhos feitos para publicações; e intervenções que têm a própria galeria como suporte – tudo mesclado, como uma nuvem gráfica. Elvis exibe em blocos separados algumas das fotografias que ele vem tirando com suas câmeras da feira da Praça XV; provas de gravura; duas séries de desenhos feitas em cadernos desmembrados; os originais de uma história em quadrinhos que ele está lançando; além de pintura “propriamente dita” (rs). Juntos, apresentam também os oito números da revista Falafel, que editam em parceria.

A diversidade de objetos que vemos aqui e a não hierarquização entre eles demonstra de que maneira as diferentes atividades dos dois dividem espaço: convivendo lado a lado. Nesta pequena galeria, cada conjunto de trabalhos coloca-se como uma obra única, que nos defronta com a questão de onde começa e onde termina o trabalho de "arte séria", a tal, com A maiúsculo - que, embora fustigada, continua sendo aquela que o circuito oficial (críticos, editais e galerias top e o publicozinho especializado) espera. A resposta deles é dada com humor, poesia e força. Perdoem-me por traduzir desta forma, mas a resposta é justamente, “foda-se essa porra!”.  

Poliglotas culturais, Elvis e Mariana  circulam entre diferentes mundos artísticos, atravessando de um lado para o outro os limites entre high e low culture e argumentando que, como toda fronteira, esta também é uma ficção política artificialmente mantida.  

Pedro Sánchez

Comentários

Anônimo disse…
Muito obrigada pela divulgação!
:)))

Mariana Moysés

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI - que trará uma Homenagem ao poeta e professor Pedro Lyra – 
(será o 41º livro editado pela PoeArt Editora- DESDE 2006 COM VOCÊ!) (Prazo: ATÉ 30 de abril de 2017)
(somente pela INTERNET)


   A PoeArt Editora de Volta Redonda RJ, institui o livro VII Coletânea Século XXI  (depois das bem sucedidas Antologias Poéticas de Diversos Autores, Vozes de Aço da I a XVIII, depois do sucesso da I a VI Coletânea Século XXI, do livro Cardápio Poético, 1ª e 2ª edição, I a III Coletânea Viagem pela Escrita. Dentre os já homenageados por suas contribuições literário-culturais em nossos livros, estão: Adahir Gonçalves Barbosa, Alan Carlos Rocha, Álvaro Alves de Faria, Astrid Cabral, Clevane Pessoa, Flávia Savary, Flora Figueiredo, Gilberto Mendonça Teles, Maria Braga Horta (in memoriam), Maria José Bulhões Maldonado, Mauro Mota, Olga Savary, Oscar Niemeyer, Pedro Albeirice da Rocha e Pedro Viana.


SEM TAXA DE INSCRIÇÃO: (AT…

SAFRA VELHA DE CLÁUDIA BRINO recebe indicação do International Poetry News

É com alegria e surpresa que acabo de receber de Giovani Campisi a notícia de que o livro Safra Velha de Cláudia Brino (Costelas Felinas) é um dos livros indicados para concorrer ao Prêmio Nobel de Literatura 2018.

Indicado pelo jornal International Poetry News entre 25 títulos de autores internacionais encaminhados ao Comitê Organizador do Prêmio Nobel de Literatura - 2018
A indicação foi feita pela Direzione Editoriale / Edizioni Universum

clique na imagem e veja a IPN  INDICAÇÃO NO - INTERNATIONAL POETRY NEWS


Este livro não é vendido em livrarias e se movimenta à margem da grande mídia. Adquirindo a versão impressa você receberá dedicatória especial tendo o seu nome impresso no livro.