Pular para o conteúdo principal

RESGATE - Vieira Vivo




     O enorme terreno abrigava, agora, mais um supermercado. Por muitos anos havia sido a sede do Clube Hípico de São Vicente. A intensa vegetação fora substituída por um grande estacionamento e lojas diversas que atraíam um grande número de visitantes naqueles primeiros dias de inauguração.

     Uma cliente ao utilizar o banheiro, que exalava, ainda, um forte cheiro de tinta fresca e argamassa, assustou-se ao notar um enorme grilo tentando esconder-se atrás da curvatura branca do vaso sanitário. Urinou com certo receio e ficou meditando como aquele grande inseto ficara preso naquele cubículo. Um local inadequado, frio, revestido de azulejos, sem saídas e causando, a ele, um pânico constante devido às repentinas visitas dos humanos.

     Ao sair acabou esquecendo a dramática situação daquele pequenino ser aprisionado em reduto tão adverso. Porém, duas semanas depois, ao retornar acompanhada de sua filha, esta o avistou. Encolhido no mesmo local visivelmente abatido apresentando certa palidez na coloração devido a ausência de raios solares. Estava frágil e abatido embora seu porte fosse, ainda, robusto para os de sua espécie.

     Impressionada a moça comentou com a mãe. Ao ouvi-la, a senhora surpreendeu-se pelo fato de aquele inseto encontrar-se, ainda, no mesmo  local. Como estaria se alimentando? Talvez, de pequeninos e raros insetos noturnos? Quanto tempo resistiria? Pois, sua postura demonstrava total impotência diante da realidade que o havia tão duramente aprisionado. A jovem, então, decidiu retornar ao sanitário. Antes disso fez um pequeno cone de papel branco.
     
     Adentrou silenciosamente ao toalete e imediatamente o avistou. Aproximou dele o artefato cônico. Ao ver aquela peça cilíndrica e branca as antenas do minúsculo ser moveram-se agitada e desconexamente. Sem pressa, a jovem  aguardou para que a pequenina criatura fizesse a sua própria escolha.

      Após algum tempo, o grilo moveu uma de suas finíssimas e peludas patas e tateou o cone. Durante o longo tempo de duas semanas (para ele, talvez, meses, anos...) tinha à sua frente algo novo. A que isso o levaria? A outro mundo frio e solitário? Porém, era necessário tomar uma decisão. A mais importante e vital de toda a sua existência. Então, moveu a outra pata e decidido  acomodou-se no fundo do tubo de papel.

     Súbito, sentiu-se elevado no ar. Primeiramente, notou a ausência do cheiro sufocante de cimento e desinfetantes e saboreou uma leve brisa juntamente com burburinhos desconhecidos. A expectativa tomou todo o seu ser. E, de repente, ao passar a porta da saída, o ar da tarde o envolveu. Seus pelos eriçaram-se e as antenas moveram-se freneticamente e todos seus olhos e patas tomaram vida e ritmo. Nesse momento sentiu sobre si a luz do sol. A benfazeja presença dos raios da estrela mãe, agora, o reconstituía totalmente. Os aromas e as cores do mundo fervilhavam loucamente em suas antenas.

     Sentiu a moça pousar o artefato. Ainda, atônito, moveu a primeira pata e tocou uma folha de grama. Um estremecimento o tomou por completo. Demonstrava, agora, uma vivacidade contagiante. Moveu o segundo membro, aspirou profundamente o verdor do dia e, então, virou-se para a moça, que o contemplava silenciosa. Deu um novo e pequeno salto para frente e inebriado observou o seu mundo, então, com um outro impulso repleto de estupenda vitalidade embrenhou-se e desapareceu na pequena vegetação que margeava a lateral do armazém.

     A tarde, para todos ali, continuou enfadonhamente insossa e rotineira,  porém aquela moça vivenciou em seu íntimo, para sempre, de forma indelével a sensação de que o cosmos testemunhou, naquele dia e local, um grandioso momento da Vida.


Vieira Vivo
in Agudas Crônicas
ed. Costelas Felinas - livros e revistas artesanaais

contato com o autor: cacbvv@gmail.com

Comentários

artesanal livros disse…
POSTADO NO FACE


Kedma O'liver ................

maravilhosa descrição, viajei com ele nessa aventura. Vieira Vivo sempre nos brindando com escritos lindos.

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI - que trará uma Homenagem ao poeta e professor Pedro Lyra – 
(será o 41º livro editado pela PoeArt Editora- DESDE 2006 COM VOCÊ!) (Prazo: ATÉ 30 de abril de 2017)
(somente pela INTERNET)


   A PoeArt Editora de Volta Redonda RJ, institui o livro VII Coletânea Século XXI  (depois das bem sucedidas Antologias Poéticas de Diversos Autores, Vozes de Aço da I a XVIII, depois do sucesso da I a VI Coletânea Século XXI, do livro Cardápio Poético, 1ª e 2ª edição, I a III Coletânea Viagem pela Escrita. Dentre os já homenageados por suas contribuições literário-culturais em nossos livros, estão: Adahir Gonçalves Barbosa, Alan Carlos Rocha, Álvaro Alves de Faria, Astrid Cabral, Clevane Pessoa, Flávia Savary, Flora Figueiredo, Gilberto Mendonça Teles, Maria Braga Horta (in memoriam), Maria José Bulhões Maldonado, Mauro Mota, Olga Savary, Oscar Niemeyer, Pedro Albeirice da Rocha e Pedro Viana.


SEM TAXA DE INSCRIÇÃO: (AT…

SAFRA VELHA DE CLÁUDIA BRINO recebe indicação do International Poetry News

É com alegria e surpresa que acabo de receber de Giovani Campisi a notícia de que o livro Safra Velha de Cláudia Brino (Costelas Felinas) é um dos livros indicados para concorrer ao Prêmio Nobel de Literatura 2018.

Indicado pelo jornal International Poetry News entre 25 títulos de autores internacionais encaminhados ao Comitê Organizador do Prêmio Nobel de Literatura - 2018
A indicação foi feita pela Direzione Editoriale / Edizioni Universum

clique na imagem e veja a IPN  INDICAÇÃO NO - INTERNATIONAL POETRY NEWS


Este livro não é vendido em livrarias e se movimenta à margem da grande mídia. Adquirindo a versão impressa você receberá dedicatória especial tendo o seu nome impresso no livro.