Pular para o conteúdo principal

Caminhando ao sol... - Vera Tezza




Caminhando ao sol... displicente, vinha pela calçada de uma rua qualquer muito tranquila... Ao ouvir o barulho das folhas de plátanos, secas, caídas ao chão passei a caminhar mais devagar. A calçada estava cheia delas! Pisei-as com suavidade porque pude senti-las ainda vivas. E, então, lembrei-me da frase do Xico Xavier: "UMA FOLHA DE UMA PLANTA QUALQUER VISTA COM OS OLHOS DA FÉ... É UMA PÁGINA TÃO BELA QUANTO SHAKESPEARE." (Vera Tezza)


Comentários

Vera Tezza Autor disse…
Fazer parte deste Movimento me transborda! é muita satisfAção!!!
Muitíssimo obrigada pela oportunidade e pelo espaço, onde posso plantar mudas de
singelezas.

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

sarau poético "A poesia no Folclore"

A Academia Vicentina de Letras, Artes e Ofícios tem a satisfação de convidar você para o sarau poético na Casa do Barão, sábado próximo, dia 05 de agosto, às 15 horas. O tema será "A poesia no Folclore". Venha. Sua presença é muito importante. E após o sarau você poderá  conhecer o Café do Barão para se deliciar com um cafezinho gostoso.  Rua Frei Gaspar, 280.
indicação Deise Domingues Giannini