Pular para o conteúdo principal

PARALISADOS PELO EXCESSO? - por Emanuel Medeiros Vieira

Para os rapazes de 1964

Para todos os amigos que ainda “carregam” algum sonho (não pecuniário)
“Cada leitor é, quando lê, um leitor de si mesmo”
(Marcel Proust – 1871–1922)

“O preço da graça que recebemos é nos mantermos fiéis a ela, e nos tornarmos os porta-vozes dela, a linguagem dela. A graça quer aceder ao mundo através da nossa boca que fala”
´(Hélio Pelegrino– 1924–1988)

A sobrecarga de informação recebida por usuários de internet está mais ligada ao consumo do que à produção, na visão de Luli Radfahrer, professor de comunicação digital da USP.
A pessoa pode agora esta produzindo o mesmo que três antigamente, mas não está recebendo o triplo, e pode sentir-se menos produtiva do que nunca, acredita David Allen. “Pode parecer paradoxal, mas as novas ferramentas de produtividade estão abalando a nossa  capacidade de fazer as coisas, e nos deixando paralisados pelo estonteante número de opções que oferecem”, ele reforça. O excesso de imagens está impedindo que “enxerguemos”?Quero dizer: que hierarquizemos, que separemos o joio do trigo, que consigamos chegar ao NÚCLEO DO QUE VERDADEIRAMENTE IMPORTA.
Sim, ACELERAMOS A COMUNICAÇÃO.
Mas a temos aprofundado?
Não tenho respostas prontas.
Alguém tem?
Há uma sensação generalizada, de dúvida, de perplexidade em muitos corações e mentes.
Percebe-se uma espécie de ”desencantamento do mundo”, usando a expressão de Max Weber, ainda mais em um universo pós-utópico e, muitas vezes, árido.
Não é nostalgia. Conseguimos muito. Mas o reino do “comprar” basta ao ser humano?
Subir para uma classe é poder comprar mais uma geladeira nas Casas Bahia? Na escola, deveríamos aprender a pensar. Não apenas a usar tecnologias.
Mas ensinar a pensar é muito mais difícil. Não? Ficamos reduzidos à pequena política, sempre vil e mesquinha. Não estou me referindo a ela: maniqueísta e interesseira – e que não eleva o ser humano. Nosso cotidiano está saturado de muita coisa que não importa.
É preciso – como disse alguém –, não sucumbir à dispersão promovida pelas infinitas distrações nem à banalidade de opinião.

Pensemos. Reflitamos. Nossa jornada é finita: a gente pode esperar. O tempo? Não.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI - que trará uma Homenagem ao poeta e professor Pedro Lyra – 
(será o 41º livro editado pela PoeArt Editora- DESDE 2006 COM VOCÊ!) (Prazo: ATÉ 30 de abril de 2017)
(somente pela INTERNET)


   A PoeArt Editora de Volta Redonda RJ, institui o livro VII Coletânea Século XXI  (depois das bem sucedidas Antologias Poéticas de Diversos Autores, Vozes de Aço da I a XVIII, depois do sucesso da I a VI Coletânea Século XXI, do livro Cardápio Poético, 1ª e 2ª edição, I a III Coletânea Viagem pela Escrita. Dentre os já homenageados por suas contribuições literário-culturais em nossos livros, estão: Adahir Gonçalves Barbosa, Alan Carlos Rocha, Álvaro Alves de Faria, Astrid Cabral, Clevane Pessoa, Flávia Savary, Flora Figueiredo, Gilberto Mendonça Teles, Maria Braga Horta (in memoriam), Maria José Bulhões Maldonado, Mauro Mota, Olga Savary, Oscar Niemeyer, Pedro Albeirice da Rocha e Pedro Viana.


SEM TAXA DE INSCRIÇÃO: (AT…

SAFRA VELHA DE CLÁUDIA BRINO recebe indicação do International Poetry News

É com alegria e surpresa que acabo de receber de Giovani Campisi a notícia de que o livro Safra Velha de Cláudia Brino (Costelas Felinas) é um dos livros indicados para concorrer ao Prêmio Nobel de Literatura 2018.

Indicado pelo jornal International Poetry News entre 25 títulos de autores internacionais encaminhados ao Comitê Organizador do Prêmio Nobel de Literatura - 2018
A indicação foi feita pela Direzione Editoriale / Edizioni Universum

clique na imagem e veja a IPN  INDICAÇÃO NO - INTERNATIONAL POETRY NEWS


Este livro não é vendido em livrarias e se movimenta à margem da grande mídia. Adquirindo a versão impressa você receberá dedicatória especial tendo o seu nome impresso no livro.