Pular para o conteúdo principal

A ESTRELA NOVA / LA NUOVA STELLA - Giovanni Campisi

enviado pelo autor

A ESTRELA NOVA

O rosto jovem
Quebrado pela dor.
Teu olhar
Totalmente incolor.

Não havia palavras
Que poderiam aliviar
Teu sofrimento.
Mesmo o raio de sol
Que coloria
A tua farta cabeleira.

Com seu coração
Mais não falavas de amor.
A tua oração
Não era sincera.


Ias junto
Pelo caminho do abandono.
Estavas entrando
Em lugares escuros
De nenhum retorno.

Me sentei ao lado
Do teu destino
E com o índice
Da mão direita,
Te apontei
Um raio de sol
Que penetrou
Em teu coração,
Dando-te aquele calor
Que te estavas faltando.

Agora estás brilhando de novo,
Como uma jovem estrela
No firmamento
Da existência humana.

© Giovanni Campisi


LA NUOVA STELLA

Il giovane volto
Disfatto dal dolore.
Il tuo sguardo
Del tutto incolore.

Non c’erano parole
Che potevano alleviare
Il tuo soffrire.
Neppure il raggio di sole
Che colorava
La tua fulva chioma.

Con il tuo cuore
Non parlavi più d’amore.
La tua preghiera
Non era più sincera.

Stavi percorrendo
Il sentiero dell’abbandono.
Stavi entrando
Nei luoghi bui
Del non ritorno.

Mi posi accanto
Al tuo destino
E con l’indice
Della mano destra,
Ti indicai
Un raggio di sole
Che penetrò
Nel tuo cuore,
Dandoti quel calore
Che ti mancava.

Ora sei tornata a brillare,
Come giovane stella
Nel firmamento
Dell’umana esistenza.

© Giovanni Campisi

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI - que trará uma Homenagem ao poeta e professor Pedro Lyra – 
(será o 41º livro editado pela PoeArt Editora- DESDE 2006 COM VOCÊ!) (Prazo: ATÉ 30 de abril de 2017)
(somente pela INTERNET)


   A PoeArt Editora de Volta Redonda RJ, institui o livro VII Coletânea Século XXI  (depois das bem sucedidas Antologias Poéticas de Diversos Autores, Vozes de Aço da I a XVIII, depois do sucesso da I a VI Coletânea Século XXI, do livro Cardápio Poético, 1ª e 2ª edição, I a III Coletânea Viagem pela Escrita. Dentre os já homenageados por suas contribuições literário-culturais em nossos livros, estão: Adahir Gonçalves Barbosa, Alan Carlos Rocha, Álvaro Alves de Faria, Astrid Cabral, Clevane Pessoa, Flávia Savary, Flora Figueiredo, Gilberto Mendonça Teles, Maria Braga Horta (in memoriam), Maria José Bulhões Maldonado, Mauro Mota, Olga Savary, Oscar Niemeyer, Pedro Albeirice da Rocha e Pedro Viana.


SEM TAXA DE INSCRIÇÃO: (AT…

SAFRA VELHA DE CLÁUDIA BRINO recebe indicação do International Poetry News

É com alegria e surpresa que acabo de receber de Giovani Campisi a notícia de que o livro Safra Velha de Cláudia Brino (Costelas Felinas) é um dos livros indicados para concorrer ao Prêmio Nobel de Literatura 2018.

Indicado pelo jornal International Poetry News entre 25 títulos de autores internacionais encaminhados ao Comitê Organizador do Prêmio Nobel de Literatura - 2018
A indicação foi feita pela Direzione Editoriale / Edizioni Universum

clique na imagem e veja a IPN  INDICAÇÃO NO - INTERNATIONAL POETRY NEWS


Este livro não é vendido em livrarias e se movimenta à margem da grande mídia. Adquirindo a versão impressa você receberá dedicatória especial tendo o seu nome impresso no livro.