Pular para o conteúdo principal

WATTSAPP É BLOQUEADO NO BRASIL: “UM POR TODOS E TODOS POR UM...” Por : Pettersen Filho

enviado pelo autor


WATTSAPP É BLOQUEADO NO BRASIL: “UM POR TODOS E TODOS POR UM...”
Por : Pettersen Filho

Ferramenta das mais democráticas, sinônimo da própria praticidade, a qual, confesso, eu mesmo não domino muito, no entanto, há de se reconhecer, verdadeira coqueluche da Comunicação Moderna, em que, nos ônibus, praças e ruas, assistimos as pessoas, meio que encantadas, às vezes, em transe, mesmo, teclando afoitamente seu celular ou notebook, falando, ao vivo e a cores, com seus afetos, e desafetos, rompendo como um supersônico a barreira das comunicações, fazendo de todos iguais, pretos e brancos, pobres e ricos, desburocratizando negócios e carreiras, possível ao Salão de Beleza da Esquina, ou ao Traficante da Boca de Fumo na Favela, apto a melhorar seus negócios, acaba de ser bloqueado, no Brasil, por prazo mínimo de 72 horas, segundo Decisão, já em vigor, de Juiz Federal do Nordeste brasileiro, da pacata Cidade de Lagarto, no Sergipe, até ontem, sequer destacando-se no Mapa Político Brasileiro... http://www.abdic.org.br/index.php/1249-wattsapp-e-bloqueado-no-brasil-um-por-todos-e-todos-por-um


Decisão que afronta cerca de, pelo menos, 100 Milhões de Usuários, no Brasil, medida, no mínimo, polêmica, impossível de ser implantada em qualquer Democracia mais desenvolvida, Estados Unidos ou Europa, a não ser na fechada Coreia do Norte ou China Comunista, por motivos de Segurança Nacional, ou outros que o Ditador de Plantão quiser enredar, a Medida pegou os Brasileiros de surpresa, causando verdadeiro reboliço, mesmo que justificada pelo Juízo como “Punição” à Empresa por, supostamente, negar-se a entregar dados, diálogos, entre Bandidos em uma alegada Investigação Criminal da Polícia Federal, quem formulou o Pedido, desfalecendo toda uma Nação, arrogantemente.

Máxima praticada somente nos romances escritos do Século XVIII e XIX, quando a transgressão penal se estendia aos familiares, amigos e vizinhos dos apenados criminalmente, chegando ao degredo e ao desterro,  no próprio Conto dos Três Mosqueteiros, quando, erguendo a Espada, proclamavam: “Um por todos, e todos por um”, revela, no mínimo, uma desproporcionalidade entre o Bem e o Mal causado por tal, processualmente, inócuo expediente.
As Companhias Telefônicas, e Operadoras, inimigas venais da ferramenta WattsApp, que diminuem-lhe os lucros, e facilitam as Comunicações, o que não é nem de longe o seu Objetivo final, haja vista a recente tendência de limitar a própria Banda Larga, oferecida gratuitamente em muitos países, como ferramenta democrática e de inclusão, de menos no Brasil da Anatel, e Operadoras ( vide: http://www.abdic.org.br/index.php/1228-anatel-libera-cobranca-limite-internet-fixa-entregando-o-consumidor-aos-leoes ), agradecem a colaboração do Juiz...

Afinal, nunca se vendeu tanto Cartão Telefônico, e Créditos Telefônicos, antes, na História desse País, com a supressão do Wat is Up ?

Lagartos me mordam !!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI - que trará uma Homenagem ao poeta e professor Pedro Lyra – 
(será o 41º livro editado pela PoeArt Editora- DESDE 2006 COM VOCÊ!) (Prazo: ATÉ 30 de abril de 2017)
(somente pela INTERNET)


   A PoeArt Editora de Volta Redonda RJ, institui o livro VII Coletânea Século XXI  (depois das bem sucedidas Antologias Poéticas de Diversos Autores, Vozes de Aço da I a XVIII, depois do sucesso da I a VI Coletânea Século XXI, do livro Cardápio Poético, 1ª e 2ª edição, I a III Coletânea Viagem pela Escrita. Dentre os já homenageados por suas contribuições literário-culturais em nossos livros, estão: Adahir Gonçalves Barbosa, Alan Carlos Rocha, Álvaro Alves de Faria, Astrid Cabral, Clevane Pessoa, Flávia Savary, Flora Figueiredo, Gilberto Mendonça Teles, Maria Braga Horta (in memoriam), Maria José Bulhões Maldonado, Mauro Mota, Olga Savary, Oscar Niemeyer, Pedro Albeirice da Rocha e Pedro Viana.


SEM TAXA DE INSCRIÇÃO: (AT…

SAFRA VELHA DE CLÁUDIA BRINO recebe indicação do International Poetry News

É com alegria e surpresa que acabo de receber de Giovani Campisi a notícia de que o livro Safra Velha de Cláudia Brino (Costelas Felinas) é um dos livros indicados para concorrer ao Prêmio Nobel de Literatura 2018.

Indicado pelo jornal International Poetry News entre 25 títulos de autores internacionais encaminhados ao Comitê Organizador do Prêmio Nobel de Literatura - 2018
A indicação foi feita pela Direzione Editoriale / Edizioni Universum

clique na imagem e veja a IPN  INDICAÇÃO NO - INTERNATIONAL POETRY NEWS


Este livro não é vendido em livrarias e se movimenta à margem da grande mídia. Adquirindo a versão impressa você receberá dedicatória especial tendo o seu nome impresso no livro.