Pular para o conteúdo principal

"Cantatas de bandido" um trabalho meio a brincar (na primeira parte), MAS MUITO SÉRIO. carlos leite ribeiro




Cantatas de Bandido - por Visconde de Dom "Mi-Burro"
Nesta primeira parte, um trabalho "meio a brincar" - mas muito sério!!
"Quem te avisa teu amigo é" - provérbio português 

Trabalho do meu ilustre amigo e jornalista Visconde de Don “Mi-Burro” sobre dicas de “playboys” e “playgirls” que sonham com “Aquilo que o Morro Não Tem” e são vítimas da sua “curiosidade” na Net em geral e no Facebook, em particular. Muitos (as) têm caído na conversa “do bandido” ou “cantadas”…
Este trabalho foi feito em 60 dias, através de entrevistas diretas e telefónicas, a 300 pessoas.
Curiosamente, eram os entrevistados (as) a fazerem a primeira pergunta: “Será que a Internet e sobretudo o Facebook seja mais perigoso para os incautos (as) do que por exemplo um anúncio num jornal, ou numa agência qualificada em encontrar amigos, namoro, amizade, etc?”.A resposta foi sempre invariavelmente: “ Sim muito mais perigoso, pois na Net e sobretudo no Facebook qualquer pessoa pode inventar um nome, um e.mail e até afirmar que mora em determinada terra. Enquanto, anúncio em jornais ou em agência qualificadas, seus dados têm de ser corretos, confirmado por Bilhete de Identidade e Número de Contribuinte. Pode tentar esconder sua identidade ou local onde mora. Mas com os seus dados pessoais, será facilmente identificado.
Antes de anunciar as dicas mais vulgares usadas por esses “playboys” (por cá chamam-se de chulos, por tentarem viver à custa de mulheres) e às “playgirls” que “sonham com coisas que o morro não tem” (ou são como aqui se diz, oferecidas, ou carenciadas).Vamos contar um caso que foi bem real, passado em determinada terra: “Certo indivíduo, que na Net se insinuou “Gestor de empresas”, conseguiu uma “incauta” do Facebook que foi na sua “Cantada”. Este indivíduo até disse à “incauta” que além de um bom emprego tinha um vivenda de dois andares e proprietário de vários apartamentos. Um belo dia a “incauta” apareceu-lhe em casa, que em vez de uma vivenda era um casebre numa vila abandonada, espera ordem camarária para ser demolida para construção nova. O tal “Gestor de empresas” era arrumador de carros pedido sempre uma “moedinha” aos automobilistas e até aos transeuntes que com ele cruzavam. Ainda tentou convencer a “incauta” que tinha vendido a anterior vivenda mas que estava a construir outra, ainda mais valiosa e levou-a a ver uma vivenda que estava em construção, mas que não era dele! E até que era proprietário de dois apartamentos… Mas não a convenceu e ela desapareceu como chegou. É um fato real. Agora, as dicas mais usadas para “engatar” (convencer) uma “incauta” na Net e sobretudo no Facebook.
As dicas mais usadas: - “Tu apareceste na minha vida, como uma “alma gémea” que o destino meu deu para eu ser feliz, etc.,etc…
- “Tu tens o nome de minha falecida mulher que tanto amei (ou noiva ou mesmo namorada - tudo vale!!!) Foi o destino que me colocou no teu caminho. Tu és aquela que os anjos me mandaram para te conhecer, que me vais fazer feliz…
- Depois fazem uns versos (que servem para várias “incautas”) o mais babacas possíveis (pirosos ou corriqueiros). Às vezes até fazem efeito…
- Outros fazem “versos” e colocam-nos em vários locais, como uma pesca se tratasse a alguma pobre “incauta”…
Existem mais “dicas”, mas como “Burro” já estou ficando enjoado. Para terminar, por acaso encontrei um velho amigo, que ao falarmos deste trabalho, sorriu antes de responder:
- “Há muitos anos também pensei mudar de país, mas nunca para viver à custa de mulheres. Até já era aposentado e a reforma até dava para comer todos os dias e andar vestido decentemente (só para o aluguer de casa, é que era pior). Mas recusei, pois jamais queria que outros pensassem como eu penso de alguns: “Vai trabalhar Malandro, não vivas à custa de ninguém!”.
Cá o “Burro” deve voltar em breve a este assunto. Entretanto pensem que “caldos de galinha e cuidados, nunca fizeram mal e ninguém”.
“Neste mundo de inteligentes ser Burro é um privilégio”
Patadinhas e Patadas do vosso amigo, Visconde de Don “Mi-Burro”
Da Ilustre Casa de Equus Asinus


Este trabalho do meu amigo Visconde de Dom Mim-Burro, já tem uns bons anos. A situação de encontros pela Internet, entretanto, modificou-se e para pior, principalmente para as mulheres. Os grupos de Amizade e namoro, estão muito infetados, pois são misturadas profissionais do sexo com aquelas mulheres que pretendem uma amizade sã e honesta. Mas todas são avaliadas da mesma maneira, e assim, o “namoro” acaba abruptamente e depois são gozadas, vilipendiadas, comentadas com amigos (quando não são mesmo agredidas); se dá em namoro, com união de fato e raramente casamento (a não ser por interesse), dura por muito pouco tempo, e infelizmente não é raro haver agressões psicológicas e físicas, e em muitos casos até homicídios; se tiveram azar de terem filhos, estes são entregues a Instituições para adoções. É a realidade! De milhares de pessoas que conheço, só três tiveram êxito, tendo um casal amigo que já tem 10 anos de casamento; outro 5 anos e ainda outro com 4. Presentemente já existe mais cantatas, que meu amigo não mencionou, porque na altura ainda não seriam aplicadas; e as brasileiras ainda são mais vítimas do que as portuguesas. Usem sempre a divisa: Atos e Fatos e Não só Palavras”.
Carlos Leite Ribeiro 
 

NOTA: Se souber de algum (s) caso (s) destes e que queira denunciá-lo, não indique o nome verdadeiro cole para homem (X) e para mulher (XX); nem a cidade pode sim digitar o Estado se for do Brasil ou Distrito se for de Portugal: Só para meu email carlosleiteribeiro@sapo.pt - Obrigado

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI - que trará uma Homenagem ao poeta e professor Pedro Lyra – 
(será o 41º livro editado pela PoeArt Editora- DESDE 2006 COM VOCÊ!) (Prazo: ATÉ 30 de abril de 2017)
(somente pela INTERNET)


   A PoeArt Editora de Volta Redonda RJ, institui o livro VII Coletânea Século XXI  (depois das bem sucedidas Antologias Poéticas de Diversos Autores, Vozes de Aço da I a XVIII, depois do sucesso da I a VI Coletânea Século XXI, do livro Cardápio Poético, 1ª e 2ª edição, I a III Coletânea Viagem pela Escrita. Dentre os já homenageados por suas contribuições literário-culturais em nossos livros, estão: Adahir Gonçalves Barbosa, Alan Carlos Rocha, Álvaro Alves de Faria, Astrid Cabral, Clevane Pessoa, Flávia Savary, Flora Figueiredo, Gilberto Mendonça Teles, Maria Braga Horta (in memoriam), Maria José Bulhões Maldonado, Mauro Mota, Olga Savary, Oscar Niemeyer, Pedro Albeirice da Rocha e Pedro Viana.


SEM TAXA DE INSCRIÇÃO: (AT…

SAFRA VELHA DE CLÁUDIA BRINO recebe indicação do International Poetry News

É com alegria e surpresa que acabo de receber de Giovani Campisi a notícia de que o livro Safra Velha de Cláudia Brino (Costelas Felinas) é um dos livros indicados para concorrer ao Prêmio Nobel de Literatura 2018.

Indicado pelo jornal International Poetry News entre 25 títulos de autores internacionais encaminhados ao Comitê Organizador do Prêmio Nobel de Literatura - 2018
A indicação foi feita pela Direzione Editoriale / Edizioni Universum

clique na imagem e veja a IPN  INDICAÇÃO NO - INTERNATIONAL POETRY NEWS


Este livro não é vendido em livrarias e se movimenta à margem da grande mídia. Adquirindo a versão impressa você receberá dedicatória especial tendo o seu nome impresso no livro.