Pular para o conteúdo principal

Pesquisador apresenta a visita de Marie Curie, uma das cientistas mais importantes do mundo, ao Brasil



Cássius Klay Nascimento nasceu em Ipatinga (MG), em 9 de maio de 1968. Possui graduação em Química, Bacharelado e Licenciatura, pela Universidade Federal de Viçosa (1992), mestrado em Físico-Química (2004) e doutorado em Química (2013) pela Universidade Federal de Minas Gerais com período de intercâmbio na Université du Maine, Le Mans, França. Iniciou, em março de 2016, pós-doutorado em Química pela Universidade Federal de Minas Gerais.
Atualmente é professor de Química do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico Federal da Escola Preparatória de Cadetes do Ar em Barbacena, Minas Gerais. Tem experiência na área de Química, com ênfase em Interações Hiperfinas do 57Fe, atuando principalmente nos seguintes temas: história da ciência, educação em Química e espectroscopia Mössbauer. É autor de artigos em periódicos científicos nacionais e internacionais.
“Uma conclusão dessa importante e histórica visita é apresentada no capítulo final. É interessante ressaltar que o Brasil foi o único país, exceto os Estados Unidos e países da Europa, a ser visitado por Madame Curie.”
 Boa Leitura!

Escritor Cássius Klay Nascimento, é um prazer contarmos com a sua participação na Revista Divulga Escritor. Conte-nos o que o motivou a escrever sobre a grande cientista Marie Curie?
Cássius Klay - Em 2011, celebrou-se o Ano Internacional da Química, dedicado à grande cientista Marie Sklodowska Curie, detentora de dois prêmios Nobel. Um fato menos conhecido é a passagem desta ilustre cientista pelo Brasil, por um período de 45 dias. Ainda em 2011, participei de um trabalho que abordava a visita de Marie Curie especificamente à cidade de Belo Horizonte, e os resultados da pesquisa trouxeram ainda mais motivação para que eu continuasse buscando conhecer as marcas que essa maravilhosa mulher havia deixado em nosso país. O tópico recebeu uma motivação adicional em 2017, em que os 150 anos do nascimento de Marie Sklodowska Curie são celebrados, resultando no presente livro.

Apresente-nos Marie Curie.
Cássius Klay - Marie Curie nasceu no dia 7 de novembro de 1867, na Polônia, e era a caçula de uma família de cinco filhos. Sua infância foi profundamente marcada pela morte de sua mãe, quando Marie tinha apenas 11 anos. Seu pai era físico e matemático, influenciando Marie Sklodowska Curie política e cientificamente.
Madame Curie estudou na França e foi uma das mais notáveis cientistas do mundo em uma época na qual a ciência era dominada pelo sexo masculino. Com seu trabalho na área de radioatividade, recebeu dois prêmios Nobel. Foi a primeira mulher a receber um Prêmio Nobel de física, em 1903, junto com Pierre Curie (1859-1906) e Antoine Henri Becquerel (1852-1908), pela descoberta da radioatividade. Também foi a primeira mulher a receber o Nobel de Química, 1911, pela descoberta dos elementos químicos, polônio e rádio. Suas pesquisas sobre radioatividade trouxeram grandes avanços em três áreas: química, física e medicina.
Suas descobertas científicas lhe deram grande reconhecimento ainda em vida, não somente na comunidade científica. Por sua contribuição ao estudo e à aplicação da radioatividade em medicina, especialmente no tratamento do câncer e na identificação de fraturas, ficou mundialmente conhecida.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI - que trará uma Homenagem ao poeta e professor Pedro Lyra – 
(será o 41º livro editado pela PoeArt Editora- DESDE 2006 COM VOCÊ!) (Prazo: ATÉ 30 de abril de 2017)
(somente pela INTERNET)


   A PoeArt Editora de Volta Redonda RJ, institui o livro VII Coletânea Século XXI  (depois das bem sucedidas Antologias Poéticas de Diversos Autores, Vozes de Aço da I a XVIII, depois do sucesso da I a VI Coletânea Século XXI, do livro Cardápio Poético, 1ª e 2ª edição, I a III Coletânea Viagem pela Escrita. Dentre os já homenageados por suas contribuições literário-culturais em nossos livros, estão: Adahir Gonçalves Barbosa, Alan Carlos Rocha, Álvaro Alves de Faria, Astrid Cabral, Clevane Pessoa, Flávia Savary, Flora Figueiredo, Gilberto Mendonça Teles, Maria Braga Horta (in memoriam), Maria José Bulhões Maldonado, Mauro Mota, Olga Savary, Oscar Niemeyer, Pedro Albeirice da Rocha e Pedro Viana.


SEM TAXA DE INSCRIÇÃO: (AT…

SAFRA VELHA DE CLÁUDIA BRINO recebe indicação do International Poetry News

É com alegria e surpresa que acabo de receber de Giovani Campisi a notícia de que o livro Safra Velha de Cláudia Brino (Costelas Felinas) é um dos livros indicados para concorrer ao Prêmio Nobel de Literatura 2018.

Indicado pelo jornal International Poetry News entre 25 títulos de autores internacionais encaminhados ao Comitê Organizador do Prêmio Nobel de Literatura - 2018
A indicação foi feita pela Direzione Editoriale / Edizioni Universum

clique na imagem e veja a IPN  INDICAÇÃO NO - INTERNATIONAL POETRY NEWS


Este livro não é vendido em livrarias e se movimenta à margem da grande mídia. Adquirindo a versão impressa você receberá dedicatória especial tendo o seu nome impresso no livro.