Pular para o conteúdo principal

Estilo Poético: ABECEDÁRIO - poema de Deise Domingues Giannini









Estilo Poético: ABECEDÁRIO
Afável, brejeiro, carinhoso.
Depois?
Enganos.
Fez-se gigante,
homem indolente
jamais lamentando
mágoas nos olhos
penalizados,
quietos,
reguardados,
serenos,
tranquilos.
Ultrapassou vaidades:
Xucro, zangado. 
Estilo Poético: ABECEDÁRIO
composição poética artificiosa cujo mérito reside em ter cada verso iniciado com uma das letras do alfabeto, na sua ordem natural (lembrando assim uma espécie de acróstico), porém admite variante como neste poema
poema de Deise Domingues Giannini 
Projeto Trajes Poéticos (Clube de Poetas do Litoral) - por Cláudia Brino

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

Trajes Poéticos - RIMA ENCADEADA

Palavra final do verso que rima com outra palavra do meio do verso seguinte.

*****

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores do concurso.