UNIÃO EUROPEIA: DOS VENDILHÕES DO TEMPLO... Por António Justo

enviado por 

JORNAL GRITO CIDADÃO:
“A MÍDIA QUE NÃO FAZ MÉDIA”


Por António Justo

Situação na Polis outrora e hoje: Dos Vendilhões do Templo de Jerusalém aos Vendilhões de Bruxelas. Entre Fariseus progressistas e Saduceus conservadores.
Os Saduceus (conservadores, acreditam no livre-arbítrio, negavam a existência da alma, de espíritos e de anjos) pertenciam ao alto escalão social e económico da sociedade (aristocracia do Templo) e seguiam estritamente a Tora (Lei); os Fariseus (progressistas acreditavam na liberdade humana mas com influência do destino e na ressurreição dos mortos), fanáticos e “hipócritas” seguiam a Tora e a tradição oral, manipulando as leis no seu interesse e juntavam o poder religioso ao poder político (no Sumo Sacerdote).


Os saduceus eram colaboracionistas dos gregos e dos romanos pelo que eram odiados pelos partidos dos Zelotes. Comportavam-se em relação ao poder ocupante romano de maneira serviçal e oportunista, acatando no Sinédrio (senado) as decisões de Roma... http://www.abdic.org.br/index.php/1017-uniao-europeia-dos-vendilhoes-do-templo

Comentários