Pular para o conteúdo principal

PASSAGENS DA VIDA - Reminiscências Silvério da Sil...

Nasci em 1926. Aos seis anos lidava com porcos e buscava animal na mata da Prefeitura. Os nomes dos animais eram: Canário, Bem-Feito e Fortaleza. Ia às cinco da manhã, meu pai me chamava para buscar lavagem para os porcos. Eu ia montado numa pipa com meu pai à cidade. Morávamos num sítio, saída de Itajubi até 1933. Mudamos para uma casa na cidade que possuía sala, dois quartos e uma cozinha toda de tábua. Tinha um quintal, um poço e uma bica d’água.



 PASSAGENS DA VIDA - Reminiscências Silvério da Sil...: Biografia  Vida de Silvério da Silva Braga retratada com belas palavras e fotos do autor. capa brochura 34 páginas Editora Costelas Felinas - livros artesanais

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

Trajes Poéticos - RIMA ENCADEADA

Palavra final do verso que rima com outra palavra do meio do verso seguinte.

*****

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores do concurso.