Pular para o conteúdo principal

NATAL, 2015 - Teresinka Pereira

enviado pela autora

NATAL, 2015
     Teresinka Pereira

O Natal nunca
fica velho.
Nem nós.
Enquando tivermos 
memória, vamos

ajuntando um Natal
com outro, enfileirando
lembranças
do que é bom
na vida: a família,
os amigos,
o amor que nos une
e a alegria
da presença
de cada um
na estação de festas!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

Trajes Poéticos - RIMA ENCADEADA

Palavra final do verso que rima com outra palavra do meio do verso seguinte.

*****

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores do concurso.