Comoção Mundial (Crônicas da Vida) - por Marcelo Ignácio

Comoção Mundial (Crônicas da Vida) 

Marcelo Ignácio 

Sabe galera lutei,relutei muito para fazer essa crônica
Sim pela tristeza não só do mundo do futebol mas de todos os esportes, pelos familiares das vitimas fatais e angustia das famílias dos sobrevivente. .
Sim as tragédias além de não serem entendidas não são fáceis de serem aceitas e o conforto só veem com a força, conforto e misericórdia de Deus.
E já sem julgar, mas de forma amarga e questionadora o repudio e a ganância humana o apego ao dinheiro a economia mórbida em economizar combustível e o politicamente correto da operadora de voou que não autorizou o pouso sem as medidas padrões...sim falhas humanas ou dos humanos em definir a prioridade no controle do trafego aéreo e não na prioridade a vida o que vale é o que os instrumentos apontam o que as máquinas e procedimentos dizem.
Infelizmente quando se entra em aviões, ônibus, navios e trens nunca escutamos esses procedimentos de segurança por áudio ou por algum tripulante é ouvido ou escutado com atenção pelos passageiros?
Dois tripulantes escaparam só arranhões poque seguiram esses procedimentos de ficarem em posição fetal com juntando pernas, adomem e peito...mas isso não veem ao caso agora...a hora é de unir força pensar com amor e carinho a lembrança dos jogadores, delegação, jornalistas, passageiros e tripulantes...as dezenas de mortos na queda do avião.
Sim amor e carinho as famílias, a cidade de Chapecó, a torcida da Chapecoense somos todos Chapé isso de coração sem fanatismo de clube, hoje torcemos pela vida dos sobreviventes e suas recuperações.
Parabéns ao povo da Colômbia do clube Atlético Nacional de Medelim por toda homenagem aos jogadores da Chapé vitimas em incomensurável tragedia a todas as lagrimas, Deus fez delas uma chuva delas despejando uma tempestade de emoções e sentimentos a flor da pele sobre a cidade de Chapecó desdo aeroporto até a Arena Condá onde uma multidão aplaude seus heróis...hoje agora não divisão de torcidas dentro do campo onde o gramado está sendo invadido de caixões dos jogadores da dor das família, amigos(as). pessoas simples, comuns, trabalhadores(as), humildes que até nunca foram a Arena Condá ou ao menos gostavam de futebol...sim penso eu se sairmos melhores de tudo isso dessa comoção mundial se infelizmente por meio de uma tragédia do maior desastre aéreo 
da aviação mundial envolvendo um clube e que a Chapecoense volte como uma Fênix ressurgindo das cinzas dando esperanças e capazes de nos dar novas alegrias dentro dos gramados ou no gramado onde estão sendo velados...heróis são todos(as) que praticam o bem o consolo e o conforto em Deus no destino de cada um de nos a serenidade e que nunca falte amor, mesmo que não aceitemos, não entendamos...sem o amor nada seriamos(Apostolo Paulo de Tarso) nada é maior que o amor, mesmo na perda fica a saudade, fica o carinho, o respeito a quem ficou, fica o amor.

postagem enviada por MARCELO IGNÁCIO

Comentários