Pular para o conteúdo principal

poema ADÁGIO de Sidney Sanctus ** ilustração de Edvaldo Rodrigues

Edvaldo Rodrigues

Adágio
Quando emanaste macia, linda, liberta,
trazendo uma suavidade de brisa,
a Lua ficou mais alva e meiga,
cantando brilhantes melodias...
E estragaste a rua escura da noite
iluminando-a com teu fogo aveludado...

autor Sidney Sanctus
poema do livro Musa Atômica - ed. costelas felinas
autor da ilustração Edvaldo Rodrigues


Comentários

Anônimo disse…
OLÁ , MEU NOME É SÉRGIO JÚNIOR E GOSTARIA DE DIZER QUE GOSTEI MUITO DA ILUSTRAÇÃO...
COPIEI PARA COLOCAR NA MESA ONDE TRABALHO.
PARABÉNS AO DESENHISTA...


Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

Trajes Poéticos - RIMA ENCADEADA

Palavra final do verso que rima com outra palavra do meio do verso seguinte.

*****

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores do concurso.