Pular para o conteúdo principal

SANKOFA NOS APRESENTA A ÁFRICA NA CAIXA CULTURAL - POR SUSANA SAVEDRA

Sankofa é o nome de um pássaro oriundo da riquíssima mitologia africana, seguramente mantida pela tradição oral que marca a poesia e a literatura deste continente. A própria história da ave que possui duas cabeças, uma representando o passado, nos remete a voltar atrás pelo que esquecemos, ou do que jamais podemos esquecer.

Trilhando 9 (nove) países africanos, os idealizadores do projeto percorreram diversas regiões que protagonizaram o tráfico de escravos, dentre elas, algumas localizadas em nações pertencentes a ocupação territorial por Portugal, tais como Angola, Guiné- Bissau, Cabo Verde e Moçambique da onde saíram famílias inteiras traficadas rumo ao Brasil.


A exposição, que tem como tema a memória da escravidão na África, torna cada vez menor o que nos distancia dos nossos ancestrais. As fotografias documentam os costumes dos locais visitados, quase um espelho dos hábitos brasileiros.

A mostra, fruto do trabalho fotográfico de Cesar Fraga leva o nome de ” Sankofa: Memória da Escravidão na África”apresentando  materiais de diversas linguagens, dentre eles fotos e textos.
Em cartaz até 22 de dezembro na Caixa Cultural do Rio de Janeiro, de terça-feira a domingo, a exposição é grátis.

  Quem é que não se lembra
Daquele grito que parecia trovão?!
– É que ontem
Soltei meu grito de revolta.
Meu grito de revolta ecoou pelos vales mais longínquos da Terra,
Atravessou os mares e os oceanos,
Transpôs os Himalaias de todo o Mundo,
Não respeitou fronteiras
E fez vibrar meu peito…

Meu grito de revolta fez vibrar os peitos de todos os Homens,
Confraternizou todos os Homens
E transformou a Vida…

… Ah! O meu grito de revolta que percorreu o Mundo,
Que não transpôs o Mundo,
O Mundo que sou eu!

Ah! O meu grito de revolta que feneceu lá longe,
Muito longe,
Na minha garganta!

Na garganta de todos os Homens”

Poema de Amílcar Cabral
Escritor, Poeta e Político da Guiné-Bissau e de Cabo Verde
(1924-1973)
SERVIÇO
CAIXA Cultural Rio de Janeiro (Av. Almirante Barroso, 25, Centro)
Até dia 22 de dezembro de 2016
Entrada franca

postagem enviada por  SUSANA SAVEDRA

Comentários

Anônimo disse…
adorei saber sobre isso.
muito boa a postagem

carmem

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI - que trará uma Homenagem ao poeta e professor Pedro Lyra – 
(será o 41º livro editado pela PoeArt Editora- DESDE 2006 COM VOCÊ!) (Prazo: ATÉ 30 de abril de 2017)
(somente pela INTERNET)


   A PoeArt Editora de Volta Redonda RJ, institui o livro VII Coletânea Século XXI  (depois das bem sucedidas Antologias Poéticas de Diversos Autores, Vozes de Aço da I a XVIII, depois do sucesso da I a VI Coletânea Século XXI, do livro Cardápio Poético, 1ª e 2ª edição, I a III Coletânea Viagem pela Escrita. Dentre os já homenageados por suas contribuições literário-culturais em nossos livros, estão: Adahir Gonçalves Barbosa, Alan Carlos Rocha, Álvaro Alves de Faria, Astrid Cabral, Clevane Pessoa, Flávia Savary, Flora Figueiredo, Gilberto Mendonça Teles, Maria Braga Horta (in memoriam), Maria José Bulhões Maldonado, Mauro Mota, Olga Savary, Oscar Niemeyer, Pedro Albeirice da Rocha e Pedro Viana.


SEM TAXA DE INSCRIÇÃO: (AT…

SAFRA VELHA DE CLÁUDIA BRINO recebe indicação do International Poetry News

É com alegria e surpresa que acabo de receber de Giovani Campisi a notícia de que o livro Safra Velha de Cláudia Brino (Costelas Felinas) é um dos livros indicados para concorrer ao Prêmio Nobel de Literatura 2018.

Indicado pelo jornal International Poetry News entre 25 títulos de autores internacionais encaminhados ao Comitê Organizador do Prêmio Nobel de Literatura - 2018
A indicação foi feita pela Direzione Editoriale / Edizioni Universum

clique na imagem e veja a IPN  INDICAÇÃO NO - INTERNATIONAL POETRY NEWS


Este livro não é vendido em livrarias e se movimenta à margem da grande mídia. Adquirindo a versão impressa você receberá dedicatória especial tendo o seu nome impresso no livro.