Pular para o conteúdo principal

32º Festivale – Salto da Divisa

enviado por Cláudio Bento


32º Festivale – Salto da Divisa – MG, 26 de Julho (domingo) a 01 de agosto (sábado) de 2015.

Festival da Canção - REGULAMENTO

IDOS OBJETIVOS:

·                     Incentivar a produção musical em Minas Gerais e no Brasil, buscando aprimorar e desenvolver a cultura musical, promovendo um intercâmbio artístico-cultural entre os compositores de todo o país.

·                     Estimular o interesse da população regional pela música como fonte de cultura, contemplação, encantamento e lazer.


II - DAS INSCRIÇÕES:

Art. 1º - Poderão participar do Festival de Música, compositores e intérpretes nascidos ou residentes no Brasil, não podendo concorrer aqueles que tiverem participado em qualquer das edições do festival, na condição de convidado/contratado para show artístico-musical, no palco principal do evento.


Art. 2° - As músicas inscritas deverão ser inéditas, assim entendidas aquelas que nunca tenham participado de nenhuma das edições do FESTIVALE e que não tenham sido alvo de divulgação na mídia nacional, e como música original a que não contiver plágios, adaptações e/ou citações poéticas e musicais de obras de outros autores e compositores.

Art. 3º - As inscrições poderão ser efetuadas até o dia 10.07.15, sendo o material entregue pessoalmente, mediante recibo, ou enviado pelo correio, via sedex, para VALEMAIS – INSTITUTO SOCIOCULTURAL DO JEQUITINHONHA – Av. Brasil, 130 – Sobreloja - CEP 30.140-001, Bairro Santa Efigênia – Belo Horizonte-MG, ou CAIXA POSTAL nº 2.511, valendo a data de postagem da correspondência ou recibo de entrega.

§ 1° - As inscrições serão gratuitas.

§ 2º – Não será aceito material de inscrição enviado posteriormente à data-limite, reservando-se ao Instituto VALEMAIS o direito de devolver ou não o referido material ao remetente.

§ 3º - Cada participante poderá inscrever até 02 (duas) composições, mesmo em parceria.

§ 4º - Cada intérprete só poderá defender músicas de apenas um compositor.

§ 5º - A música classificada poderá ser interpretada pelo autor ou por qualquer outro intérprete por ele indicado até o dia da apresentação no festival.


§. 6º - O material de inscrição não será devolvido e passará a fazer parte do acervo do FESTIVALE.

§ 7º - As obras inscritas deverão ser enviadas em envelope fechado contendo:

·        CD com a(s) música (s) gravada (s), precedida (s) do título de cada canção falado em voz clara e pausada;

·        Ficha de inscrição, com todos os campos preenchidos de forma legível, inclusive endereço, telefones para contato, e-mail e número de músicos acompanhantes;

·        06 (seis) cópias digitadas de cada música, em fonte “arial”, tamanho 14, com nome do(s) compositor(es) e intérprete(s);


III - DA SELEÇÃO, DA FASE ELIMINATÓRIA E DA FINAL

Art. 4° - Dentre as canções inscritas, serão selecionadas 20 (vinte) para a fase eliminatória, escolhidas por uma comissão de pré-seleção, composta por pessoas das áreas de música e literatura.

§ 1º - A comissão organizadora informará ao(s) autor(es), através  de e-mail  ou telefone, o resultado da classificação para a fase eliminatória, até o dia 17 de julho de 2014.

§ 2º - Nos dias 30 e 31 de julho de 2015 (quinta e sexta-feira), serão realizadas as duas eliminatórias com dez canções cada, classificando-se as dez melhores, assim entendidas as que alcançarem a maior pontuação geral, para a fase final, a se realizar na noite de 1º de agosto de 2015 (sábado).

IV - DA PREMIAÇÃO

Art. 5º - Dentre as dez canções escolhidas para a final, serão distribuídos os seguintes prêmios: 1º lugar - R$ 5.000,00 (cinco mil reais) e troféu; 2° lugar - R$ 4.000,00(quatro mil reais) e troféu e 3° lugar - R$ 3.000,00 (três mil reais) e troféu. Não haverá prêmio para o Melhor Intérprete.

§1º - A melhor canção regional, assim entendida a composição de autoria de concorrente nascido ou residente no Vale do Jequitinhonha, receberá um prêmio especial de R$2.000,00 (dois mil reais).

§ 2º - O valor do prêmio a ser pago sofrerá retenção de impostos, quando for o caso, na forma da lei.


V - DO JURI E DO JULGAMENTO

Art. 6º - O júri será composto por pessoas de reconhecida competência e idoneidade, escolhidas pela Comissão Organizadora.

§ 1º - A Comissão Organizadora nomeará presidente do júri um de seus pares, a quem caberão a direção dos trabalhos de julgamento, a comunicação direta com a comissão organizadora e a observação do zelo, da autonomia e do cumprimento do processo de votação,

§ 2º - Todas as planilhas com as decisões do júri serão, ao final do julgamento, entregues à comissão organizadora para a devida conferência, em presença de representantes do corpo de jurados, não cabendo recurso da decisão final.

§ 3º - Não prevalecerá empate em nenhuma das premiações. Para o caso de desempate, valerá a votação/decisão nominal dos jurados.

§ 4º - Para o julgamento será adotada a pontuação de 05 (cinco) a 10 (dez) pontos para cada um dos seguintes quesitos: melodia, arranjo e letra.

§ 5º - A Comissão Organizadora reserva-se o direito de comunicar somente aos classificados para a fase eliminatória os critérios complementares (detalhes) de julgamento, em reunião com os concorrentes, nos dias 30 e 31 de julho de 2015.

VI - DOS ENSAIOS E APRESENTAÇÃO EM PALCO

Art. 7º - Os ensaios (passagem de som), deverão se iniciar às 14 horas e deverão obedecer a ordem de apresentação da noite e de chegada dos concorrentes ao local, não podendo ultrapassar o horário das 18:00 horas.

§ 1º - Cada concorrente terá direito a 10 minutos para os ensaios em palco (passagem de som);

§ 2º - Cada concorrente se responsabilizará por seus instrumentos, bem como pela presença dos músicos acompanhantes e intérpretes.

§ 3º - O candidato poderá dispor, para sua apresentação, de toda aparelhagem que estiver instalada no palco, incluindo-se uma bateria, sem os pratos.  

§ 4º - Anunciado o (a) concorrente, o (a) mesmo (a) terá o tempo máximo de 05 (cinco) minutos para iniciar a execução da música, podendo ser penalizado com a perda de 1 ponto em sua pontuação total, por minuto de atraso.

§ 5º - Até a meia noite do dia 31 de julho para o dia 01 de agosto serão anunciadas as dez canções classificadas para a finalíssima.

§ 6º - A ordem de apresentação das canções na finalíssima do festival se dará   de acordo com sorteio a se realizar em 01.08.2015, a partir das 14 horas, no início da passagem do som.

VII - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 1º - Para o caso de haver disponibilidade financeira, a comissão organizadora reserva-se o direito de produção de um CD com as dez composições classificadas para a final e, se necessário, as canções que apresentarem o melhor arranjo e o (a) melhor intérprete.

§ Único – Havendo a gravação e edição do CD, serão distribuídos exemplares aos compositores e intérpretes, em quantidade a ser definida de acordo com a tiragem.

Art. 2º - Todos os direitos sobre as músicas classificadas, bem como sobre imagens (fotos e vídeos) serão cedidos à Comissão Organizadora ou a quem ela provir, inclusive para comercialização, podendo o(a) autor(a) utilizar a mesma obra em qualquer produção sua ou de quem o(a) mesmo (a) autorizar.

Art. 3º - A Comissão Organizadora oferecerá alojamento e alimentação aos compositores e grupos concorrentes a partir do dia 30 de julho de 2014, devendo cada interessado dispor de roupa de cama.

Art. 4º – Não haverá ajuda de custo aos concorrentes.

Art. 5º - A simples inscrição da música no FESTIVAL pressupõe a aceitação e a concordância com todos os termos do presente regulamento.

Art. 6º - A Comissão Organizadora poderá suspender o festival, por comprovado motivo de força maior, no prazo de até 72 (setenta e duas) horas antes de sua realização, sem que isso implique em direito a qualquer reclamação por parte de concorrente.

Parágrafo Único- Em caso de suspensão do festival na forma deste artigo, os concorrentes serão imediatamente avisados por telefone e/ou e-mail.

Art. 7º - Os casos omissos ou não esclarecidos neste edital serão objeto de deliberação da Comissão Organizadora.

Salto da Divisa / Belo Horizonte, 10 de maio de 2015.

Informações
31-3234-8104 // 9631-7818 (Gonzaga Medeiros)
   
FICHA DE INSCRIÇÃO

 FESTIVAL DE MÚSICA - 32º Festivale – Salto da Divisa-MG



TITULO DA CANÇÃO:
AUTOR (ES):
Nº RG ________________________CPF: ____ / ____ / ____
Endereço: ______________________________________________________ UF: _________
Cidade: ____________________________ CEP.: __________________
E-mail: _______________________________________________________________
Fone: __________________ Celular: ____________________________
Intérpre(s):
                             ___________________________________________________

Músicos/instrumentos: ______________________________________________________________

                                

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI - que trará uma Homenagem ao poeta e professor Pedro Lyra – 
(será o 41º livro editado pela PoeArt Editora- DESDE 2006 COM VOCÊ!) (Prazo: ATÉ 30 de abril de 2017)
(somente pela INTERNET)


   A PoeArt Editora de Volta Redonda RJ, institui o livro VII Coletânea Século XXI  (depois das bem sucedidas Antologias Poéticas de Diversos Autores, Vozes de Aço da I a XVIII, depois do sucesso da I a VI Coletânea Século XXI, do livro Cardápio Poético, 1ª e 2ª edição, I a III Coletânea Viagem pela Escrita. Dentre os já homenageados por suas contribuições literário-culturais em nossos livros, estão: Adahir Gonçalves Barbosa, Alan Carlos Rocha, Álvaro Alves de Faria, Astrid Cabral, Clevane Pessoa, Flávia Savary, Flora Figueiredo, Gilberto Mendonça Teles, Maria Braga Horta (in memoriam), Maria José Bulhões Maldonado, Mauro Mota, Olga Savary, Oscar Niemeyer, Pedro Albeirice da Rocha e Pedro Viana.


SEM TAXA DE INSCRIÇÃO: (AT…

SAFRA VELHA DE CLÁUDIA BRINO recebe indicação do International Poetry News

É com alegria e surpresa que acabo de receber de Giovani Campisi a notícia de que o livro Safra Velha de Cláudia Brino (Costelas Felinas) é um dos livros indicados para concorrer ao Prêmio Nobel de Literatura 2018.

Indicado pelo jornal International Poetry News entre 25 títulos de autores internacionais encaminhados ao Comitê Organizador do Prêmio Nobel de Literatura - 2018
A indicação foi feita pela Direzione Editoriale / Edizioni Universum

clique na imagem e veja a IPN  INDICAÇÃO NO - INTERNATIONAL POETRY NEWS


Este livro não é vendido em livrarias e se movimenta à margem da grande mídia. Adquirindo a versão impressa você receberá dedicatória especial tendo o seu nome impresso no livro.