Pular para o conteúdo principal

Francisco Nunes apresenta espetáculo sobre questões sociais do sertão

enviado por Cláudio Bento
Francisco Nunes apresenta espetáculo sobre questões sociais do sertão


A Fundação Municipal de Cultura, por meio do Teatro Francisco Nunes, recebe nos dias 23 e 24 de maio, o espetáculo “Quiproquó” do grupo Ora-pro-nóbis. A encenação se passa no sertão nordestino da década de 70, e apresenta questões sociais, políticas e culturais que abordam embates atuais como o analfabetismo e a alienação cultural. Os ingressos serão vendidos uma hora antes do inicio do espetáculo na bilheteria do teatro, ou poderão ser adquiridos na escola 'Fábrica de Artes' (Rua Formiga, 450 – São Cristóvão).
Com o texto de Álisson Valentim, líder do grupo Ora-pro-nóbis, o espetáculo “Quiproquó” apresenta a história de Lírio, um caixeiro viajante que chega ao sertão com a missão de distribuir livros aos sertanejos, mas ao chegar à cidade ‘Conquista’ - município que é vulgarmente conhecida como 'Quiproquó' devido as inúmeras confusões que acontecem por lá - ele então se depara com uma comunidade de analfabetos e decide ensinar a população a ler e escrever.
Com o trabalho que vai além da arte como entretenimento, o grupo de teatro Ora-pro-nóbis, busca levar informação contando histórias sobre lugares que carregam sentimentos e apresenta grande diversidade cultural. “Nosso trabalho traduz o painel atual do país, faz pensar e brinca de maneira leve e descontraída com os acontecimentos diários que nos rodeiam. Almejamos ser um retrato fiel do país, uma crônica do cotidiano” comenta Álisson Valentim.
O espetáculo “Quiproquó” tem como feito unir crianças, jovens e adultos, buscando transmitir valores com o incentivo a educação e reconhecimento da nossa cultura regional.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

Trajes Poéticos - RIMA ENCADEADA

Palavra final do verso que rima com outra palavra do meio do verso seguinte.

*****

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores do concurso.