Pular para o conteúdo principal

Interrogações Terrenas - (Márcia Brabo)

enviado pelos autores



Interrogações Terrenas

O que faço Deus, para me conter
Sem que tudo se acabe, com “o envelhecer”?
Procuro meios de me convencer,
Mas, o que devo fazer?

A saudade é tamanha pelo o que eu queria ser
Que não sei mais como proceder.


*Não te perturbe, e deixe o tempo prevalecer,
Sossegue o teu coração sem te esconder:
Prepare-o para o que vai suceder,
Pois, só “Eu” tenho esse poder.

Portanto, não julgue os outros pelo saber,
Mas, pelo modo simples de ser.
O importante é a fé restabelecer!

Sabes o que deves fazer:
Mais do que sobreviver
É te envolver,
Corações amolecer,
E, ao pecado, não te submeter!

Ariel (Márcia Brabo)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

Trajes Poéticos - RIMA ENCADEADA

Palavra final do verso que rima com outra palavra do meio do verso seguinte.

*****

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores do concurso.