Pular para o conteúdo principal

ESSÊNCIA - por Mario José Campos

http://artesanallivros.blogspot.com.br/
Convidamos você a conhecer o novo lançamento da Costela Felinas.

O autor Mario José Campos apresenta sua obra ESSÊNCIA, um livro de 40 páginas - capa brochura, todo costurado, contendo poemas que transcendem a sensibilidade.


confira abaixo dois poemas que fazem parte desta obra


Ausência da Alma 


Dessa história toda de amar ao próximo, 
Eu aprendi bem pouco...
Estive tão ocupado, 
Cuidando dos meus negócios,
Tentando ganhar dinheiro 
E resolver os meus problemas, 
Que não parei para pensar que 
Bem pertinho de mim havia alguém 
Que precisava de uma palavra amiga,
Um gesto de carinho, um abraço.
Por diversas vezes, meu egoísmo impediu-me
Até de ver o brilho do sol e o azul do céu, 
Então deixei de agradecer a Deus
pela vida e por tudo. 
Jamais imaginei que um dia poderia 
Sentir o que estou sentindo agora. 
O tormento tomou conta de minh'alma
E a minha paz foi embora...
A tristeza, sem pedir licença invadiu o meu ser...
Hoje entendo o que você sentia quando 
Olhava para mim e não dizia nada. 
Você esperava que eu interpretasse 
O seu silêncio enquanto havia tempo...
Agora eu sei o que é sentir a dor da solidão,
Mesmo estando ao lado de alguém...
Compreendo que a distância é a ausência da alma, 

Ainda que a pessoa esteja ao seu lado...

******************

Imperfeições

Foi quase perfeito...
Ainda que não tenha durado
Pela vida toda...
Ainda que não tenha resistido
A todos os problemas...
Valeu a pena!
Fez renascer em mim
A esperança de dias melhores
E, como criança, ri
Das imperfeições da vida
E, se acordei chorando,
Após várias noites mal dormidas,
O importante é que sobrevivi...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

Trajes Poéticos - RIMA ENCADEADA

Palavra final do verso que rima com outra palavra do meio do verso seguinte.

*****

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores do concurso.