Pular para o conteúdo principal

poesia de Nijair Araújo Pinto



MENINA

Deveria por acaso esquecer você?
Ou, como desejo, cultivar o que germina?
Como ignorar que mesmo sem te ter
Estouva-me a alma pensar em você, menina?
continue lendo este soneto em fotopoesia
fotopoesia enviada pelo autor

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

Trajes Poéticos - RIMA ENCADEADA

Palavra final do verso que rima com outra palavra do meio do verso seguinte.

*****

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores do concurso.