Pular para o conteúdo principal

VALORES INVERTIDOS... - Por : Roberto de Queiroz

enviado pelo jornal O Grito do Cidadão


VALORES INVERTIDOS...

Por : Roberto de Queiroz

Na Europa do século 17, o estudo era um privilégio apenas das pessoas que ocupavam uma posição de destaque na sociedade (por nobreza ou riqueza), a saber, o direito de estudar era negado às pessoas pobres. Os professores eram confinados em conventos, servindo ao clero e, obviamente, à nobreza. A maioria das pessoas, por ignorância, contentava-se com poucos privilégios. 


O que prevalecia, na época, era a ideia de que “assim como um corpo que tivesse olhos em todas as suas partes seria monstruoso, da mesma forma um Estado o seria, se todos os seus súditos fossem sábios; ver-se-ia aí tão pouca obediência, quanto o orgulho e a presunção seriam comuns” (cardeal De Richelieu)... http://www.abdic.org.br/index.php/765-valores-invertidos

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

Trajes Poéticos - RIMA ENCADEADA

Palavra final do verso que rima com outra palavra do meio do verso seguinte.

*****

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores do concurso.