Pular para o conteúdo principal

“BEM-AVENTURADOS OS AFLITOS” - Luciano Marques

enviado pelo autor


“BEM-AVENTURADOS OS AFLITOS”
 Luciano Marques
Todas as mensagens contidas no Evangelho Segundo o Espiritismo são de extrema importância e essenciais à nossa manutenção espiritual e moral. Elas nos auxiliam na compreensão de nós mesmos, ou seja, ajuda-nos a aceitar as intempéries das quais todos nós estamos sujeitos. Particularmente, tenho uma predileção pelo Capítulo 5, “BEM-AVENTURADOS OS AFLITOS”, item “CAUSAS ATUAIS DAS AFLIÇÕES”. Trata-se de uma passagem primordial, cujo conteúdo, altamente curativo, emana um grande refrigério ao espírito e, ainda, descortina o véu da autovitimização que nos cobrimos, muitas vezes, para justificar o nosso desespero diante da nossa falta de fé.

À medida que abandonamos a condição de vítimas, que tomamos consciência da responsabilidade perante nossas escolhas, fica menos doloroso enfrentarmos as provas que nos são oferecidas. Estas provas são a condição à nossa evolução espiritual, a oportunidade de pagarmos pelos nossos delitos do passado.
Mas a evolução não pode ser obtida num estalar de dedos, milagrosamente. Da mesma forma que os atletas buscam melhorar suas marcas e bater seus recordes, através de muito esforço e dedicação em treinos muitas vezes incessantes, nós também temos que nos esforçar e trabalhar muito para apararmos nossas arestas e “melhorar nossas marcas”. Assim como os músculos se desenvolvem na pressão dos exercícios físicos, nosso espírito também evolui nos momentos de dificuldades, momentos estes que todos nós enfrentamos.
Todo crescimento espiritual é alcançado gradativamente, e com as bênçãos da Espiritualidade em cumprimento às Leis do Universo. A evolução não é um presente, mas um mérito. Por isso, procuremos acalmar nossos corações, aceitando todas as provas com resignação e fé, a fim de cumpri-las integralmente, até o final!
Lembremos ainda da promessa de Jesus eternizada no Evangelho: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Por que meu jugo suave e o meu fardo é leve.” (Mt. 11:28-30)
Que a Paz de Jesus habite sempre em nossos os corações!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

sarau poético "A poesia no Folclore"

A Academia Vicentina de Letras, Artes e Ofícios tem a satisfação de convidar você para o sarau poético na Casa do Barão, sábado próximo, dia 05 de agosto, às 15 horas. O tema será "A poesia no Folclore". Venha. Sua presença é muito importante. E após o sarau você poderá  conhecer o Café do Barão para se deliciar com um cafezinho gostoso.  Rua Frei Gaspar, 280.
indicação Deise Domingues Giannini