V Encontro de Comunicadores do Vale do Jequitinhonha é realizado em Medina

enviado por Cláudio Bento

V Encontro de Comunicadores do Vale do Jequitinhonha é realizado em Medina
O evento está marcado para os dias 22, 23 e 24 de janeiro e é uma parceria entre a UFMG e os comunicadores e coletivos juvenis do Vale
** Confira as oficinas e seus horários ** 
As inscrições para as oficinas já estão abertas
As práticas e as políticas públicas de comunicação, bem como o acesso público às mídias, são os debates que motivam a realização do Encontro de Comunicadores do Vale do Jequitinhonha. O evento é um espaço para que comunicadores, jornalistas, radialistas, blogueiros, juventude e autoridades da região possam discutir os entraves da produção midiática, e suas possíveis soluções,
no Vale do Jequitinhonha. Já em sua quinta edição, o Encontro de Comunicadores será realizado entre os dias 22 e 24 de janeiro de 2016 na cidade de Medina, Médio Jequitinhonha.
Para esta edição do evento, serão ofertadas nove oficinas voltadas, principalmente, para comunicadores do Vale, com os temas: Audiodrama, Iniciação à edição de vídeo, Mídia tática, Cobertura midiática, Fotografia, Graffiti, Publicações literárias independentes, Outros formatos possíveis para o telejornalismo e Diagnóstico de relações comunicativas. Além disso, a programação conta com mesas redondas que irão abordar a formação de redes, as políticas públicas de comunicação e a democratização dos meios.
As inscrições para as oficinas já estão abertas e está disponível para qualquer pessoa interessada, com exceção para a oficina “Diagnóstico de relações comunicativas”, que é voltada exclusivamente para gestores de grupos culturais e coletivos juvenis. Entendendo a abrangência do evento entre moradores de diferentes cidades da região, será oferecido alojamento gratuito aos participantes.
O V Encontro de Comunicadores do Vale do Jequitinhonha é realizado com o apoio local de comunicadores e coletivos juvenis. Além disso conta com a parceria das ONGs Associação Imagem Comunitária (AIC) e Oficina de Imagens e da Rede Minas para a realização das oficinas e composição das mesas de debate ao longo da programação do evento.
“Criar + Compartilhar = Comunicar”
A primeira edição do evento foi realizada em 2012 na cidade de Itaobim e levantou discussões sobre o acesso público às mídias, a democratização dos meios de comunicação e as mídias do Vale do Jequitinhonha. Esse mesmo debate permanece na quinta edição do evento, mas avança para o debate sobre como efetivamente pode haver mobilização e consolidação de redes entre os comunicadores do Vale do Jequitinhonha.
Com o tema “Criar + Compartilhar = Comunicar”, o Encontro pretende, por meio de uma Carta aberta dos Comunicadores do Vale, alinhar as questões eminentes sobre a atual situação da produção de comunicação sobre e do Vale. A construção da Carta é dada de forma colaborativa entre os envolvidos e participantes do evento.
Polo de Integração da UFMG
O Programa Polo de Integração da UFMG no Vale do Jequitinhonha vem articulando, há quase vinte anos, projetos promovidos pela Universidade na região, nas mais diversas áreas do conhecimento, com o intuito de contribuir para o desenvolvimento social, econômico e cultural do Vale.
Para mais informações, acesse www.ufmg.br/polojequitinhonha/index.php, ou mande um e-mail para polojequitinhonhaufmg@gmail.com

Tema: “Criar + Compartilhar: Comunicar”.

Programação

Sexta-feira (22/01/2016)
7h30 as 09h00 - Café da Manhã e Credenciamento (Alojamento)
09h00 às 12h00 – Credenciamento dos não alojados (Secretaria)
10h00 as 12h00 – Recepção, Intervenções artísticas, apresentação cultural.
12h00 as 14h00 – Almoço
14h00 as 17h30 – Pré-oficinas (cada um no seu local específico), com café de 15 minutos.
Oficinas: (1) Audiodrama [Vozes do Vale]; (2) Iniciação à Edição de Vídeo [Suporte de Comunicação + Elaíny]; (3) Mídia Tática [Oficina de Imagens]; (4) Cobertura Midiática [Redondo]; (5) Fotografia [AIC + Gabinha]; (6) Graffiti [Pedro Ninja]; (7) Publicações literárias independentes / CiberCordel / Zine [AIC + Luís Santiago]; (8) Produção de conteúdos não-ficcionais para Web [Rede Minas].
17h30 as 20h00 – Jantar
20h00 as 21h30 - Abertura Solene + Execução de Hinos [Prefeito, Vice-prefeito, Representante das Secretarias, Representante das ONGs, Representante do Legislativo, Representante dos Comunicadores, Márcio (ou Grazi)] – 40 minutos; Apresentação Cultural – 20 minutos; Conferência de Abertura sobre Formação de Redes e Compartilhamento – 40 minutos [Rafaela da AIC ou Carol Abreu da OI]; Programação Cultural na Praça.

Sábado (23/01/2016)
7h30 as 8h30 - Café da Manhã (Alojamento)
8h30 as 9h30 – Apresentação cultural na Feira local
9h30 as 12h30 - Oficinas, com café de 15 minutos
12h30 as 14h00 - Almoço
14h00 as 18h30 - Oficinas, com café de 15 minutos
18h30 as 20h00 - Jantar
20h00 as 21h30 - Mostra das Oficinas e Virada Cultural

Domingo (24/01/2016)
7h30 as 9h00 - Café a da Manhã (Alojamento)
9h00 as 10h30 - Mesa redonda: “Políticas públicas de Comunicação e Democratização dos Meios”.
10h30 as 12h00 - Plenária final (Apresentação da Próxima Cidade Sede); Construção da Carta dos Comunicadores e Apresentação Cultural
12h00 - Almoço

1 - Oficina de Cobertura do V ECVJ
                                                        
a) Breve descrição
Em cinco anos de Encontro de Comunicadorxs, o Vale do Jequitinhonha acumula experiências e amadurece discussões relacionadas ao universo da comunicação no território. Mas como o Encontro se comunica com a população dos municípios? O que é feito desse debate quando o Encontro acaba? De que forma as diversas edições aproveitam o conteúdo gerado pelas anteriores? Pensando nessas questões, será formada uma equipe para a cobertura do V ECVJ. A atividade vai articular duas dimensões da cobertura jornalística: de um lado, o diálogo com a população de Medina, buscando informar e envolver o município na programação do Encontro. De outro, a produção de registros em fotografia, áudio, vídeo e texto sobre o evento, com o objetivo de resgatar a memória das edições anteriores e gerar material para os anos seguintes.

b) Produtos previstos
• Boletins físicos diários, para a distribuição em Medina
• Pílulas de vídeo sobre as atividades realizadas
• Pílulas de vídeo sobre os encontros anteriores
• Fotografia de registro
• Blog de memória do Encontro

c) Vagas: 15 a 20

d) Horário: Sexta de 12h às 17h / Sábado de 9h às 17h / Domingo de 9h às 12h

e) Materiais necessários:
• 3 gravadores
• 5 computadores
• 6 câmeras
• Kit de projeção - Data show / Telão / Extensão / Filtro de linha / Caixa de som
• Papel colorido (três cores) – 200 por dia / 600 folhas
• Impressão / Xerox

f) Facilitador@s: Redondo- Centro Multimídia e Oficina de Imagens 
2 – Oficina de Mídia Tática
a) Breve descrição
Corpo, imagem, som, objetos, textos e novas mídias - ferramentas simples, de fácil acesso, que podem comunicar um mundo e transformar a realidade que nos cerca. Muita gente tem produzido informação por aí e incidindo em espaços, sem saber e entender o que estão fazendo. É a partir dessa reflexão que propomos uma oficina de mídia tática, capaz de demonstrar como utilizamos, consumimos e passamos adiante as representações de nossa realidade. Buscaremos em nossos encontros experimentar diferentes formas de comunicação que colocam nossas opiniões em discussão nos diversos espaços públicos, sejam eles reais e/ou virtuais.  Trocaremos informações e experiências, inventando um lugar em que todos criam, interferem, recombinam e informam. 

b) Vagas: 20 jovens

c) Materiais Necessários:
- Espaço com boa conexão de internet;
- Gravadores de áudio;
- Câmeras fotográficas;
- Celulares que filmam;
- Caixas de som com cabos;

d) Facilitador@s: Fernanda Godinho; João Paulo Mendes; Luisa Helena Ribeiro; Tayrone Pascoal.
3 – Oficina de publicações literárias independentes

a) Breve descrição
Inspirados em zines, livretos, almanaques e outras formas criativas de expressão de ideias e desejos, os/as participantes vão criar sua própria publicação literária independente, com base em textos e imagens “hiperlocais” construídos durante o IV Encontro de Comunicadores. A oficina vai apostar em técnicas variadas de produção gráfica, como xerox, serigrafia, carimbagem, estêncil, transparências e colagens. As publicações serão distribuídas a todos/as os/as presentes no Encontro.

b) Vagas: 15 participantes

c) Materiais necessários:
- 1 máquina de Xerox
- 1 scanner / 1 computador / 1 impressora preto e branco
- 8 máquinas fotográficas compactas
- Revistas diversas para recorte / 4 colas / 4 tesouras
- Papéis diversos (sobras de outdoor, creative papers, papel jornal, papel chamex colorido, papel reciclato, papel chamex normal, papel color plus ou color set 120g ou 180g).
- 20 transparências / texturas diversas
- 1 tela de serigrafia / 1 rodo / 1 tinta à base d’água para serigrafia
- Folhas de Letraset
- Grampeador / grampos
- 2 retrós de fio encerado de ponto de cruz (azul turquesa e vermelho)
- 10 agulhas

d) Educadoras: Bruna Lubambo e Mila Barone (AIC), Luís Santiago (Pedra Azul)
  
4 - Oficina de Fotografia

a)     Breve descrição
Oficina voltada para iniciantes. Na primeira parte do encontro, os/as participantes serão introduzidos/as a um breve panorama histórico da fotografia. Também serão apresentados conceitos básicos da fotografia e discutidas as principais funcionalidades das câmeras digitais e analógicas. No segundo momento, será realizado um exercício prático no contexto do V ECVJ, tomando como base as discussões anteriores.

b)    Vagas: 15

c)     Materiais necessários
- Câmeras fotográficas digitais;
- Projetor;
- Notebook.

d)     Educadora: Eveline Xavier (AIC) e Gabriel Vieira (CEDEDICA-Vale)
  
5 – Oficina de Audiodrama

a) Breve descrição

A oficina tem o objetivo de formar os jovens para a produção de programas de rádio no formato de audiodrama e promover uma reflexão sobre as possibilidades de uso desse formato. Em um primeiro momento, será apresentado um panorama histórico sobre a radionovela e a radiodramaturgia. Também, terão momentos de apresentação e escuta de programas nesse formato, apresentando possibilidades diferentes. Feito isso, serão produzidos, junto com os participantes, programas de audiodrama, passando pela roteirização, gravação e edição e escuta. Além de desenvolverem técnicas de locução, os participantes terão a oportunidade de explorar a linguagem sonora com o uso de efeitos sonoros e a interpretação criativa de textos.

b) Vagas: 20 participantes

c) Materiais necessários:

- Computadores (um para cada 4 pessoas)em que possam ser instalados os programas Audacity e que tenham acesso à internet).
- Caixas de som
- Blocos de anotação e canetas para produção de roteiros

d) Educadorxs: Carolina Gonçalves e Ulisses de Oliveira (Vozes do Vale), Valdeir (Casa da Juventude).
  
6 – Oficina de Graffiti

a) Breve descrição

A proposta da oficina é baseada numa ação anteriormente executada no muro da FACE ­ UFMG, lugar onde o produto final dessa oficina se encontrar ainda exposto. O objetivo é proporcionar aos participantes uma experiência de construção coletiva através de formas elementares do desenho (círculo e linha) um painel de representação imagética. Para participar não precisa possuir habilidades de desenho, só é necessário capacidades motoras humanas básicas, vontade e coragem.

b) Vagas: 20 participantes

c) Materiais necessários
Máscaras Respiratórias PFF1 sem válvula CA
Unidade
25
Lona Plástica Preta - Comprimento 5,00 M e  Largura 1,00 M
Pacote
2
Luva Látex Select - Supermax, caixa com 100 unidades
Caixa
1
Tinta Spray Uso Geral Colorgin Brilho Vermelho 400ml
lata
6
Tinta Spray Uso Geral Colorgin Brilho Azul Escuro 400ml
lata
6
Tinta Spray Uso Geral Colorgin Brilho Azul Médio 400ml
lata
6
Tinta Spray Uso Geral Colorgin Brilho Azul Claro 400ml
lata
6
Tinta Spray Uso Geral Colorgin Brilho Violeta 400ml
lata
6
Tinta Spray Uso Geral Colorgin Brilho Rosa 400ml
lata
6
Tinta Spray Uso Geral Colorgin Brilho Dourado 400ml
lata
6
Tinta Spray Uso Geral Colorgin Brilho Preto 400ml
lata
12
Tinta Spray Uso Geral Colorgin Brilho Branco 400ml
lata
6

d) Educador: Pedro Virgílio (Pedro Ninja)

7 – Oficina de Edição e Produção Audiovisual

a) Breve descrição

A oficina será composta por uma parte teórica que abordará os seguintes temas: (a) Imagem: Compreender os conceitos de fotografia; Planos cinematográficos; Movimentos de câmera; (b) Áudio: Importância do som para o vídeo; Sonoplastias; Trilha sonora; (c) Produção: Pré produção,             Roteirização; (d) Edição: Noções básicas de corte; Montagem e decupagem do material produzido; Introdução ao software;

b) Vagas: 20 participantes

c) Materiais necessários:
- Computadores com acesso à internet (1 para cada 2 participantes)
- Projetor/es, extensão cabos (conectores P2/p10/RCA/ HDMI)
- Máquinas fotográficas e filmadoras
- Canetas, lápis, canetões, canetinhas, blocos de papel etc.
- E outros materiais que poderão ser verificados no local

d) Facilitadores: Fábio Barbosa (Suporte de Comunicação) e Elaíny Carmona (Itaobim)

8 – Oficina de Produção de Conteúdos não-ficcionais

a) Breve Descrição

As redes sociais vêm cada vez mais cumprindo o papel que antes era restrito ao Jornal Nacional na TV, ou para as grandes editoras nos jornais ou até para os colunistas nos sites. Agora perdemos o controle - a informação está com todo mundo e pode ser compartilhada com todos a qualquer minuto (e na maioria das vezes antes do twitter oficial da Globo News). A Oficina vem pra potencializar algo que os jovens hoje já fazem bem – compartilhar e amplificar e até remixar a informação, debatendo a utilização de redes como Twitter, Facebook, Tumblr, entre outros.

b) Vagas: 20 participantes

c) Materiais necessários:
- Projetor
- Computador
- Mesa
- Cadeiras
- Internet
- Caixa de Som Ativa
- Tela/Parede projetável

d) Educadora: Rede Minas

e) Materiais Didáticos:

- Cartilha Oficina Técnica - Redes Sociais
- Cartilha Oficina Conceitual - Redes Sociais
- Sites/Redes Sociais

9 – Oficina de Diagnóstico de relações comunicativas

a) Breve descrição

A oficina tem como objetivo reforçar junto aos participantes a comunicação estratégica de grupos e entidades do Vale do Jequitinhonha, enfatizando seu aspecto relacional, somado ao informacional. A comunicação relacional tem foco na comunicação dirigida a públicos de diferentes características e deve ser vista como importante ferramenta ao se pensar estratégicas de comunicação para mobilização social. Serão utilizados jogos para mapeamento de públicos e qualificação dos vínculos de cada um deles em relação a uma causa social.

b) Vagas: 20 participantes, sendo que precisam representar algum grupo/ coletivo/ entidade.

c) Materiais necessários:

- Computador e projetor
- Papéis coloridos, caneta hidrocor, post its, durex, cartolina, caneta esferográfica.

d) Educadoras: Emanuela São Pedro e Carol D’Alessandro (Associação Imagem Comunitária – AIC)

Comentários