Pular para o conteúdo principal

Presente a um Amigo - ANDRÉ FLORES

poema enviado pelo autor


  
Presente a um Amigo


Ser amigo significa: lançarmos ao vento as sementes da amizade...
Deixar a vida desenvolver a árvore da lealdade...
Erguem-se troncos de solidez...
Folhas caídas como bêbados depois de muitos goles,
São porres de alegria, na magia de sermos amigos.


Os galhos crescem, as folhas caem e as flores saem para o mundo...
Cria-se um cenário fantástico de beleza e misturas...
Desventuras quantas passei ao teu lado...
No regato das noites de folia...
Foi pura estripulia, coisa de moleque travesso,
Onde o jeito de viver a vida foi sorrindo, brincando de ser criança.

A árvore cresce, toma sua forma ...
E não importa meu amigo!
O orgulho e carinho que sinto por ti...
É de um menino que não teve irmão...
Mas, meu coração elegeu-te por mérito,

Nas tempestades da vida sobrevivemos...
Somos unidos, amigos e companheiros...
Não creio na amizade por mera coincidência...
Pois, na eloquência destas simples palavras vou ficando...

Se no oceano da vida as ondas trouxeram você ...
Foi porque DEUS te escolheu para ser meu irmão...
Não importa oque a vida hei de me aprontar,
A tua amizade para sempre quero cultivar.

  
ANDRÉ FLORES
APRENDIZ DE POETA






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

Trajes Poéticos - RIMA ENCADEADA

Palavra final do verso que rima com outra palavra do meio do verso seguinte.

*****

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores do concurso.