Pular para o conteúdo principal

FLOR - ERNANI FRAGA

enviado pelos autores






FLOR

no plano
das formas transitórias
dos homens
- seres espirituais
numa experiência humana –
a flor, efêmera
- mensageira etérea
de outra esfera
ponte e quimera
entre os mundos
de espírito e matéria -
eterniza

sem fazer
memoriza
sem agir
visualiza
sem olhar
uma inocência uma doçura uma beleza
que a tudo redime
que não são
deste mundo
mas de um eu profundo e uno,
de natureza sublime

ERNANI FRAGA

Campo Mourão, 26-12-2015

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

Trajes Poéticos - RIMA ENCADEADA

Palavra final do verso que rima com outra palavra do meio do verso seguinte.

*****

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores do concurso.