Pular para o conteúdo principal

MENTIRAS - REYNALDO ARMESTO OLIVA

MENTIRAS

Quien dona lo que sostiene
ofrendas y sentimientos,
penas, oscuros lamentos
recibe, cuando no tiene.
Gracias da al pedir si viene
una cruz como fortuna;
ayuda poca o ninguna
hallará sobre la mesa
y escondida la sorpresa
tal vez se vuelva oportuna.

REYNALDO  ARMESTO  OLIVA . CUBA . IWA
postagem enviada pelo autor

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

Trajes Poéticos - RIMA ENCADEADA

Palavra final do verso que rima com outra palavra do meio do verso seguinte.

*****

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores do concurso.