Pular para o conteúdo principal

O SILÊNCIO DAS SOMBRAS - Thiago Andrade Macedo



Em época de eleições e efervescência política, três investigadores federais são lançados repentinamente em uma zona de fronteira de um país, a fim de elucidar o desaparecimento da filha de um Senador da República e do namorado dela, um caso reaberto depois de dez anos. Em meio a um frio insuportável, os policiais começam a se mexer no teatro de sombras de Grenze, a estranha capital do Estado Fronteiriço. Uma atmosfera de jogo adensa-se de forma vertiginosa, desencadeando um clima de suspense e mistério quase que insuportável. Em uma estranha cidade tomada pelo frio, uma velha foto de uma garota desaparecida provocará vingança, discórdia, loucura. As pistas falsas tornam-se verdadeiras, e as que eram supostamente verdadeiras mostram-se falsas, por que, em meio ao silêncio das sombras, nada é o que parece ser.
postagem enviada pelo autor
saiba mais - clqiue aqui e leia comentários sobre a obra.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

Trajes Poéticos - RIMA ENCADEADA

Palavra final do verso que rima com outra palavra do meio do verso seguinte.

*****

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores do concurso.