Pular para o conteúdo principal

COLEÇÃO OFICINA DE POEMAS - por CARLOS ALBERTO FIORE

A coleção OFICINA DE POEMAS, é um belo trabalho de pesquisa do autor Carlos Alberto Fiore.

Cada livro apresenta um estilo poético diferente, apresentando sua regra e a poética do autor.

Veja alguns dos estilos:

ROUNDEL, 
RONDEL, 
GAZAL, 
RUBAIYAT, 
TRIOLÉ

Clique e conheça estes estilos e veja os exemplos poéticos- 

Selo Costelas Felinas - livros e revistas artesanais
http://artesanallivros.blogspot.com.br/


Gazal ou Gazel é um poema de forma fixa de origem Árabe, cujo início data do século VII. A temática do Gazal é o amor, o sentimento humano e também o lado místico da vida. Poeta maior, que se dedicou à composição do Gazal foi Hafiz. A composição do Gazal é estruturada em dísticos (até 15 dísticos) e as rimas são organizadas da seguinte maneira: AA // BA // CA // DA // EA // FA // GA

Será possível supor (A)
Que entre as pedras há o amor? (A)

Está aberta a palavra. (B)
Quem responde, por favor? (A)

Se há no espaço uma fagulha (C)
Que ilumina e dá mais cor (A)

Ao eterno sentimento (D)
Recoberto de fulgor, (A)

Já não resta a menor dúvida (E)
De que as pedras têm calor. (A)

É que Deus, grande arquiteto, (F)
Um artífice a compor (A)

Seu trabalho no universo –, (G)
Onde Ele é o Senhor, (A)

Faz completa, a sua arte... (H)
Obra prima... Com louvor!!! (A)

**************************************

* Rondel. * Origem: França. * Significado: Redondo. * Início: Século XVI. * Título: Obrigatório. * Rima: Construção toda com apenas duas rimas: ABab abAB babaB. As letras maiúsculas representam os versos que se repetem na poesia. * Métrica: O Rondel, em geral, deve ser octossílabo. Porém, há muitos autores que se utilizam de outras contagens. * Momento: Passado, presente e futuro. * Tema: Livre. * Estrutura - Estrofes: Formado por três estrofes: duas de quatro versos (quadra) e uma de cinco (quintilha), num total de 13 versos, o Rondel tem algumas repetições. O sétimo e oitavo versos são a repetição do primeiro e segundo versos e o décimo terceiro é a repetição do segundo verso. Alguns autores fazem inversões nesses versos, o que também é válido. Esta é a forma fixa do Rondel. * Características: As características principais do Rondel, também são o canto aos amores, as paixões e o uso de figuras de linguagem. No Rondel, como em outros gêneros de poesia, também são obrigatórios ritmo, acentuação tônica e medida silábica.
 Vaivém

No vaivém da roda gigante
Há uma luz que brilha, põe vida.
Alegria e paz nos semblantes
Dão a tônica da subida.

Mas isso, nem sempre garante
O sucesso em cada partida.
No vaivém da roda gigante
Há uma luz que brilha, põe vida.

Pelo mundo há muitos errantes
Que caminham em trilhas perdidas.
Mas lançam seus sonhos adiante
Mesmo no pior da descida.
No vaivém da roda gigante.

***********************************

* Roundel * Origem: Inglaterra. * Significado: Redondo. * Início: Século XIX. * Título: Obrigatório. * Rima: Primeira estrofe, alternada (abaB). Segunda estrofe, alternadas, entrelaçadas ou cruzadas (cbc). Terceira estrofe, entrelaçada (bddB). O quarto verso da terceira estrofe é a repetição do quarto verso da primeira estrofe. As letras maiúsculas representam os versos que se repetem na poesia. * Métrica: O Roundel, em geral, deve ser decassílabo. Porém, há autores que se utilizam de outras construções. * Momento: Passado, presente e futuro. * Tema: Livre.* Estrutura: O Roundel é formado por três estrofes. A primeira com quatro versos, a segunda com três e a terceira com quatro versos, num total de 11 versos. * Características: As características principais do Roundel são: canto aos amores, às paixões e o uso de figuras de linguagem. No Roundel, como em outros gêneros de poesia, também são obrigatórios ritmo, acentuação tônica e medida silábica.

Não fujo

Minh’alma grita, mas faltam ouvidos (a)
Capazes de entender minha aflição. (b)
E mesmo assim, eu prossigo perdido. (a)
Não temo afrontas, nem quem me diz não. (B)

O homem só vale até quando interessa. (c)
Quando ele perde o vigor, some o chão. (b)
Vão-se os amigos. Até em casa cessa. (c)

E mesmo que não sobre uma mão (b)
Que, lentamente venha em socorro, (d)
Luto. Não fujo! Eu enfrento e não corro. (d)
Não temo as afrontas, nem quem me diz não. (B)

****************************************

Rubai // Rubaiyat 
O Rubai é um poema monostrófico lírico e de forma fixa, criado e exercitado pelos persas, árabes, turcos e outros povos do oriente médio, por volta do século XII. Compõe-se de quatro versos decassílabos, com rimas aaba. O terceiro verso é considerado verso branco, por não rimar com nenhum outro. O Rubai é formado por versos decassílabos em que se alternam sílabas átonas e tônicas. Corresponde à trova, na literatura em língua portuguesa, portanto, o poema não tem título.
A temática do Rubai é ampla e vai desde a tristeza e falta de um sentido para a vida, até o amor, o momento, a religiosidade, os mistérios insondáveis do universo e da morte, segredos da vida e a esperança. A um conjunto de Rubai dá-se o nome de Rubaiyat, que é o plural de Rubai. O poeta que se imortalizou na composição de Rubai foi Omar Khayyan.

Se alguém puder dizer porque a tristeza
Adentra a casa e põe seu prato à mesa,
Não tenha medo! Eu quero só uma luz...
Que mostre se ela tem raiz ou presa.

********************************************

O Triolé surgiu na França. No Brasil é conhecido como “Triolé” ou “Triolete”. Composto por uma ou mais oitavas, a estrutura do Triolé obedece à seguinte ordem: em cada oitava, o quarto verso é a repetição do primeiro e o sétimo e oitavo versos são as repetições do primeiro e do segundo versos. Pela forma que é escrito, o triolé não muda a estrutura de suas rimas, que ficam da seguinte forma: AbaAabAB. Se houver outras estro-fes, a estrutura das rimas é a mesma

Solte o sonho 
Se o amor bater no peito, abra a porta. (A)
Dê uma chance ao coração. Solte o sonho. (B)
Mesmo que algo não vá bem, pouco importa. (a)
Se o amor bater no peito, abra a porta. (A)
A coragem é amiga e conforta (a)
Quem não quer viver num mundo enfadonho. (b)
Se o amor bater no peito, abra a porta. (A)
Dê uma chance ao coração. Solte o sonho. (B)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI - que trará uma Homenagem ao poeta e professor Pedro Lyra – 
(será o 41º livro editado pela PoeArt Editora- DESDE 2006 COM VOCÊ!) (Prazo: ATÉ 30 de abril de 2017)
(somente pela INTERNET)


   A PoeArt Editora de Volta Redonda RJ, institui o livro VII Coletânea Século XXI  (depois das bem sucedidas Antologias Poéticas de Diversos Autores, Vozes de Aço da I a XVIII, depois do sucesso da I a VI Coletânea Século XXI, do livro Cardápio Poético, 1ª e 2ª edição, I a III Coletânea Viagem pela Escrita. Dentre os já homenageados por suas contribuições literário-culturais em nossos livros, estão: Adahir Gonçalves Barbosa, Alan Carlos Rocha, Álvaro Alves de Faria, Astrid Cabral, Clevane Pessoa, Flávia Savary, Flora Figueiredo, Gilberto Mendonça Teles, Maria Braga Horta (in memoriam), Maria José Bulhões Maldonado, Mauro Mota, Olga Savary, Oscar Niemeyer, Pedro Albeirice da Rocha e Pedro Viana.


SEM TAXA DE INSCRIÇÃO: (AT…

SAFRA VELHA DE CLÁUDIA BRINO recebe indicação do International Poetry News

É com alegria e surpresa que acabo de receber de Giovani Campisi a notícia de que o livro Safra Velha de Cláudia Brino (Costelas Felinas) é um dos livros indicados para concorrer ao Prêmio Nobel de Literatura 2018.

Indicado pelo jornal International Poetry News entre 25 títulos de autores internacionais encaminhados ao Comitê Organizador do Prêmio Nobel de Literatura - 2018
A indicação foi feita pela Direzione Editoriale / Edizioni Universum

clique na imagem e veja a IPN  INDICAÇÃO NO - INTERNATIONAL POETRY NEWS


Este livro não é vendido em livrarias e se movimenta à margem da grande mídia. Adquirindo a versão impressa você receberá dedicatória especial tendo o seu nome impresso no livro.