Pular para o conteúdo principal

Fígado de Márcia Brabo / foto: Marcelo Luiz de Freitas

enviado pelos autores



Fígado


Antes que alguém descubra na euforia
Apresento-me: - Sou seu fígado, após a folia!
Por favor, não sorria!
Não é motivo para tal: - Estou com vômito e disenteria!

Bebi e “ataquei” tanta gordura, durante o resto do dia;
Pulei, e “aprontei” tanto, à revelia;
Pior ainda: - Andei em má companhia!
Mas, estou aqui: -“Caído aos seus pés”! Quem diria!

Já nem sei mais, se é hoje o dia!
Que enorme covardia:
- Esqueci nosso aniversário, com “Baile à Fantasia”!
É uma triste ironia:


-Fiz a comemoração na véspera! É fria!
-A “patroa” vai expulsar-me de casa; Ah! Deveria!
-Passar o aniversário de casamento, sozinha e sombria?
Mas, já é mania!

Não é que eu seja alcoólatra, ou queira feri-la,
É por que vivo a cada dia!
Não importa o motivo: - Bebo, mesmo sem folia!
Finalmente, ocorreu o que o médico previa:

- A cirrose teve o seu dia!
E uma das consequências, é a rebeldia,
Deixando de lado, até a família, um dia!
Mas, também posso deixá-lo “todo amarelo;” um belo dia:

- É a icterícia, tingindo sua pele, já fria!
Espero que seja só Hepatite A ou B: - Preferia!
Mas, se a vacina da “B” estiver em dia,
Se evitar objetos cortantes, transfusões e sexo suspeito: - Sorria!

Já é meio caminho, para uma vida sadia;
E agradeça a Deus, pelo seu dia: - “A Hepatite C”, me mataria!
Mas antes um conselho, benzinho:
-Se puder, doe um pedaço de mim, ao seu vizinho;

-Deixe o egoísmo de lado, e siga pelos bons caminhos;
Assim, não me sentirei tão sozinho
E mostrarei que a vida pode ter um bom destino.
Portanto, louve a Deus, pelo seu corpo perfeito e DIVINO!

Ass.: Seu Fígado

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI - que trará uma Homenagem ao poeta e professor Pedro Lyra – 
(será o 41º livro editado pela PoeArt Editora- DESDE 2006 COM VOCÊ!) (Prazo: ATÉ 30 de abril de 2017)
(somente pela INTERNET)


   A PoeArt Editora de Volta Redonda RJ, institui o livro VII Coletânea Século XXI  (depois das bem sucedidas Antologias Poéticas de Diversos Autores, Vozes de Aço da I a XVIII, depois do sucesso da I a VI Coletânea Século XXI, do livro Cardápio Poético, 1ª e 2ª edição, I a III Coletânea Viagem pela Escrita. Dentre os já homenageados por suas contribuições literário-culturais em nossos livros, estão: Adahir Gonçalves Barbosa, Alan Carlos Rocha, Álvaro Alves de Faria, Astrid Cabral, Clevane Pessoa, Flávia Savary, Flora Figueiredo, Gilberto Mendonça Teles, Maria Braga Horta (in memoriam), Maria José Bulhões Maldonado, Mauro Mota, Olga Savary, Oscar Niemeyer, Pedro Albeirice da Rocha e Pedro Viana.


SEM TAXA DE INSCRIÇÃO: (AT…

SAFRA VELHA DE CLÁUDIA BRINO recebe indicação do International Poetry News

É com alegria e surpresa que acabo de receber de Giovani Campisi a notícia de que o livro Safra Velha de Cláudia Brino (Costelas Felinas) é um dos livros indicados para concorrer ao Prêmio Nobel de Literatura 2018.

Indicado pelo jornal International Poetry News entre 25 títulos de autores internacionais encaminhados ao Comitê Organizador do Prêmio Nobel de Literatura - 2018
A indicação foi feita pela Direzione Editoriale / Edizioni Universum

clique na imagem e veja a IPN  INDICAÇÃO NO - INTERNATIONAL POETRY NEWS


Este livro não é vendido em livrarias e se movimenta à margem da grande mídia. Adquirindo a versão impressa você receberá dedicatória especial tendo o seu nome impresso no livro.