Pular para o conteúdo principal

O IMPEACHMENT & O IMPEACHMENT DE FERNANDO COLLOR DE MELLO... Por : Pettersen Filho

enviado por por Pettersen Filho

O IMPEACHMENT & O IMPEACHMENT DE FERNANDO COLLOR DE MELLO...
Por : Pettersen Filho

Ocupando a mais alta Tribuna do Poder Legislativo da República, o Púlpito do Senado Federal, em Brasília/DF, dizendo-se indignado com a Operação da Polícia Federal, em sua própria Residência, a “Casa da Dinda”, sinônimo de Impeachment & Corrupção, há cerca de 23 anos atrás, quando lhe foi arrebatada a própria Presidência da República, desde então, reconduzido sistematicamente ao seleto “Grupo do Poder”, como Senadorpelo seu Estado Natal, Alagoas, perdoado, aparentemente, pelos Alagoanos, e pelo próprio Poder Judiciário brasileiro, no tal “Escândalo da Dinda”, em que fora denunciado pelo próprio Irmão Pedro Collor, em que veio a tona o Esquema Fraudulento do seu Tesoureiro PC Farias, tudo causado pela simples aquisição irregular de uma Elba Fiat, diga-se de passagem, “Corrupção”, diante do atual caso “Lava Jato”, que transforma aqueleImpeachment em “Jardim de Infância”, diante do Caso Petrobrás, verdadeira “Universidade do Crime”, o Senador, Ex-presidente Fernando Collor de Mello, não poupou criticas a Ação da PF, alegando ser extravagante e desnecessária...


Aparentemente, assombrado com o próprio Impeachment, 23 anos atrás, mas, cioso do quanto a História pode ser Escrita, e Reescrita, no Brasil, dando, a cada tempo, Versão nova a Fatos do passado, Collor viu, pela TV, como nós brasileiros, mediante Operação autorizada pelo próprio STF –Supremo Tribunal Federal, em atenção a Requisição da Procuradoria da República, Órgão máximo do Ministério Público Federal, incumbido de investigar denúncias, da própria Lava Jato, de que teria, entre outros, também objeto da Operação, se beneficiado de Propina da Petrobras, sua “Pequena Frota” de carros Importados, um Porche, de aproximadamente 400 Mil Reais, uma Ferrari, aproximadamente 800 Mil Reais, e uma Lamburguine, Milão e Meio, serem conduzidos ao Pátio da PF, juntamente com uma expressiva soma de Numerários, e Documentos, enquanto, do Senado, esbravejava, porquanto a própria Sede da Rede Globo, de Alagoas, a que está ligado, como sua Repetidora no Estado, pertencente ao Senador, sofreu Busca e Apreensão pela PF.

Um daqueles que se sentiam, até então, “Intocáveis”, Collor, 23 anos após o seu Impeachment, figura importante, Senador do PTB, da Base de sustentação da President”a” Dilma, diferente dela, que não possuía uma “Rede da Apoio” a lhe sustentar, como era o caso do seu inexpressivo Partido de origem, o PRN, surgido como um “Terno de Luxo”, um Pierre Cardin, apto à vesti-lo para aquelas Eleições de então, com forte apoio da “Mídia”, leia-se: Rede Globo de Televisão, com a pirotécnica Campanha do “Caçador de Marajás”, que, seguramente, não é o caso de Dilma Roussef, amparada, até bem a pouco, por consistente Movimento Social, Lula, CUT, e MST, com todas as suas consequências, quem já ameaçam a abandoná-la, ante ao estardalhaço causado pela Lava Jato, e o famigerado Arrocho Fiscal, certamente, têm muito o que refletir...

Ao Povo brasileiro, quem sabe, pelo menos, aos habitantes de Brasilia/DF, ou Alagoas/Maceió, ante a súbita supressão, pela PF, da sua Ferrari, e Lamburguine, importados, sempre restará a chance, como diriam osAntigos, “No andar da Carruagem”, na possibilidade de que seja feita, realmente, alguma Justiça, no Brasil, após ter assistido o próprio Playboy Presidente, Collor de Mello, arrebatar-lhe as Economias, Mediante aMinistra Zélia Cardoso de Melo, e o seu Confisco Bancário, tendo Ele próprio, Collor,  pilotado Caças da FAB, e Moto aquáticas, no Lago Paranoá, quem sabe, num sinal de trânsito, no Plano Piloto, ou na belíssima Praia de Pajuçara, vê-lo, como nós mesmos, simples Mortais, dirigindo um desconfortável Veículo Popular, 1.0, enquanto faz contas, de como pagar, no fim do mês, o Aluguel e a Escola das Crianças...

... quem sabe, na Cadeia!

Mas, “Coisa Boa” não acontece no Brasil:  Esperem para ver !

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI - que trará uma Homenagem ao poeta e professor Pedro Lyra – 
(será o 41º livro editado pela PoeArt Editora- DESDE 2006 COM VOCÊ!) (Prazo: ATÉ 30 de abril de 2017)
(somente pela INTERNET)


   A PoeArt Editora de Volta Redonda RJ, institui o livro VII Coletânea Século XXI  (depois das bem sucedidas Antologias Poéticas de Diversos Autores, Vozes de Aço da I a XVIII, depois do sucesso da I a VI Coletânea Século XXI, do livro Cardápio Poético, 1ª e 2ª edição, I a III Coletânea Viagem pela Escrita. Dentre os já homenageados por suas contribuições literário-culturais em nossos livros, estão: Adahir Gonçalves Barbosa, Alan Carlos Rocha, Álvaro Alves de Faria, Astrid Cabral, Clevane Pessoa, Flávia Savary, Flora Figueiredo, Gilberto Mendonça Teles, Maria Braga Horta (in memoriam), Maria José Bulhões Maldonado, Mauro Mota, Olga Savary, Oscar Niemeyer, Pedro Albeirice da Rocha e Pedro Viana.


SEM TAXA DE INSCRIÇÃO: (AT…

SAFRA VELHA DE CLÁUDIA BRINO recebe indicação do International Poetry News

É com alegria e surpresa que acabo de receber de Giovani Campisi a notícia de que o livro Safra Velha de Cláudia Brino (Costelas Felinas) é um dos livros indicados para concorrer ao Prêmio Nobel de Literatura 2018.

Indicado pelo jornal International Poetry News entre 25 títulos de autores internacionais encaminhados ao Comitê Organizador do Prêmio Nobel de Literatura - 2018
A indicação foi feita pela Direzione Editoriale / Edizioni Universum

clique na imagem e veja a IPN  INDICAÇÃO NO - INTERNATIONAL POETRY NEWS


Este livro não é vendido em livrarias e se movimenta à margem da grande mídia. Adquirindo a versão impressa você receberá dedicatória especial tendo o seu nome impresso no livro.