Pular para o conteúdo principal

Ofícios de Ronaldo Junior / foto: Marcelo Luiz de Freitas

enviado pelos autores



Ofícios


As mãos castigadas do lavrador
Expressam seu trabalho exaustivo

O ferimento do bombeiro
Faz ver que daria sua vida por outras

A postura cansada do professor
Exprime que cumpriu sua missão

As mãos calosas da costureira
Mostram seu trabalho árduo

O suor do atleta
Mostra que houve garra


As vistas cansadas do escritor
Significam sua veia poética

A graxa na roupa do mecânico
Deixa ver seu esforço

A feição límpida do juiz
Diz que a justiça foi feita

O sorriso do engenheiro
Mostra que seu trabalho é uma arte

Mas, mesmo que não haja o reconhecimento,
A satisfação que cada um guarda na alma
É o segredo do sucesso de cada ofício.



*Texto que integra a antologia do X Prêmio Literário Valdeck Almeida de Jesus (2013).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

Trajes Poéticos - RIMA ENCADEADA

Palavra final do verso que rima com outra palavra do meio do verso seguinte.

*****

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores do concurso.