A ENCÍCLICA ECOLÓGICA EM DEFESA DA “NOSSA IRMÃ E MÃE TERRA” Por António Justo

enviado pelo jornal Grito Cidadão

Por António Justo

A nossa Casa comum” sente-se ferida, adverte Francisco !
Na sua encíclica verde, o Papa denuncia a destruição do ambiente, a embriaguez do consumismo, a degradação ambiental e cultural, e a submissão da política à economia.
A encíclica Laudato Si (Louvado seja) do Papa Francisco, dedicada à ecologia e ao ambiente, põe em primeiro plano a protecção, conservação e recuperação do ambiente natural e ecológico da “nossa irmã e mãe terra”, no seguimento de S. Francisco de Assis, Padroeiro dos ecologistas. Por isso o Papa inicia a encíclica com as palavras de S. Francisco “Louvado seja” no seu “Cântico das Criaturas” que compôs em 1225 (Texto em: http://antonio-justo.eu/?p=3183).

O pontífice constata que o planeta “está a ser destruído" e estabelece uma "relação íntima entre os pobres e a fragilidade do planeta". Dirige-se “a cada pessoa que habita o planeta” e não só aos católicos e às pessoas de boa vontade; descreve a natureza como “a nossa casa comum” apelando para a necessidade de “uma conversão ecológica global”.. http://www.abdic.org.br/index.php/844-a-enciclica-ecologica-em-defesa-da-nossa-irma-e-mae-terra

Comentários