GALHOS de TERESINKA PEREIRA / foto: Marcelo Luiz de Freitas

enviado pelos autores


GALHOS

Da terra 'as arvores
subimos, pobres humanos,
depois que delas descemos
por braços de primatas.

Olhamos para o céu
com o coração batendo
pensando que além
dos galhos poderemos
subir mais acima
sem asas, sem longos
braços nem motores...


Hoje não acreditamos,
mas amanhã, talvez...
Ontem negamos
ser possível
chegar ao infinito!

Mas os galhos param
lá na gênese
das árvores...

Comentários