Pular para o conteúdo principal

Figura de Linguagem: EPANORTOSE - poema de Ludimar Gomes Molina

Figura de Linguagem: EPANORTOSE

Vingança


Quero ver-te sofrer! Não! Quero que queimes no inferno!
Afinal o que me fizeste não tem perdão.
Feriste minha dignidade, Pior mataste-a!
Amei-te por toda minha vida! Queres saber, idolatrei-te!
Fui sincera nos meus sentimentos
Tu dizias me amar também.
Eu, tola e apaixonada acreditei no teu amor.
E tu me trocavas por outras.
Eu aqui, sempre a esperar-te cheia de saudade.
Entregando-me a ti com paixão,
Hoje o véu da falsidade descobre teu rosto
deixando na minha alma, do fel o gosto.
Vai-te embora! Não quero ver-te nunca mais!
Não me procures! Nem penses em mim!
Ah! Pensaste que eu te perdoaria?
Que me iludiria com suas mentiras infames!
Saberei me recompor! Seja como for!
Tu serás página virada! Página apagada
Um dia te sentirás arrependido.
Hás de ver-me alegre e saltitante, com novo amor, novo amante.
Nesse dia quero que olhes para mim
e testemunhes minha felicidade
Quero que te sintas amargurado, abandonado.
Que te sintas derrotado.
Então sentir-me-ei vingada e até recompensada.
Estarás só! Ninguém irá  acreditar mais em tuas mentiras.
Teu coração arrependido se encherá de calor. Serão as chamas do inferno
Teu lar eterno!


Figura de Linguagem: EPANORTOSE
figura de linguagem que anula, modifica ou corrige intencionalmente uma palavra ou frase dita anteriormente.
EX: - Gosto muito de Ângela. Não, minto. Amo-a demais!
- Odeio-te, destruidor de lares. Não! Enganei-me. Abomino-te
poema de Ludimar Gomes Molina
Projeto Trajes Poéticos (Clube de Poetas do Litoral) - por Cláudia Brino

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI - que trará uma Homenagem ao poeta e professor Pedro Lyra – 
(será o 41º livro editado pela PoeArt Editora- DESDE 2006 COM VOCÊ!) (Prazo: ATÉ 30 de abril de 2017)
(somente pela INTERNET)


   A PoeArt Editora de Volta Redonda RJ, institui o livro VII Coletânea Século XXI  (depois das bem sucedidas Antologias Poéticas de Diversos Autores, Vozes de Aço da I a XVIII, depois do sucesso da I a VI Coletânea Século XXI, do livro Cardápio Poético, 1ª e 2ª edição, I a III Coletânea Viagem pela Escrita. Dentre os já homenageados por suas contribuições literário-culturais em nossos livros, estão: Adahir Gonçalves Barbosa, Alan Carlos Rocha, Álvaro Alves de Faria, Astrid Cabral, Clevane Pessoa, Flávia Savary, Flora Figueiredo, Gilberto Mendonça Teles, Maria Braga Horta (in memoriam), Maria José Bulhões Maldonado, Mauro Mota, Olga Savary, Oscar Niemeyer, Pedro Albeirice da Rocha e Pedro Viana.


SEM TAXA DE INSCRIÇÃO: (AT…

SAFRA VELHA DE CLÁUDIA BRINO recebe indicação do International Poetry News

É com alegria e surpresa que acabo de receber de Giovani Campisi a notícia de que o livro Safra Velha de Cláudia Brino (Costelas Felinas) é um dos livros indicados para concorrer ao Prêmio Nobel de Literatura 2018.

Indicado pelo jornal International Poetry News entre 25 títulos de autores internacionais encaminhados ao Comitê Organizador do Prêmio Nobel de Literatura - 2018
A indicação foi feita pela Direzione Editoriale / Edizioni Universum

clique na imagem e veja a IPN  INDICAÇÃO NO - INTERNATIONAL POETRY NEWS


Este livro não é vendido em livrarias e se movimenta à margem da grande mídia. Adquirindo a versão impressa você receberá dedicatória especial tendo o seu nome impresso no livro.