PROGRAMAÇÃO DA GLOBO É COMO COCAINA : PRIMEIRO DÁ PRAZER, DEPOIS DEPRESSÃO, E VICIA... Por : Redação IG

enviado por    JORNAL GRITO CIDADÃO:
“A MÍDIA QUE NÃO FAZ MÉDIA”

PROGRAMAÇÃO DA GLOBO É COMO COCAINA : PRIMEIRO DÁ PRAZER, DEPOIS DEPRESSÃO, E VICIA...

Por : Redação IG
“No último dia 10, a jornalista brasileira Vanessa Barbara utilizou sua coluna no jornal norte-americano The New York Times para criticar a Rede Globo.
Segundo Barbara, que também escreve para o jornal O Estado de S. Paulo, “assistir à Globo significa se acostumar a chavões e fórmulas cansadas”. Sobre as novelas da emissora, diz que “foram dolorosas de assistir, com suas altas doses de preconceito, melodrama, diálogo ruim e clichês”. “Mas elas tiveram seu efeito. Ao final do dia, eu me senti menos preocupada com a crise da água ou com a possibilidade de outro golpe militar – assim como o leão apático e as mulheres vazias das novelas”, finaliza.

Leia, a seguir, a íntegra do texto, traduzida para o português pelo portal UOL: Opinião: Rede Globo, a “TV irrealidade” que ilude o Brasil Gigante da mídia cativa os telespectadores com novelas vazias e comentários ineptos no noticiário. 
No ano passado, a revista “The Economist” publicou um artigo sobre a Rede Globo, a maior emissora do Brasil. Ela relatou que “91 milhões de pessoas, pouco menos da metade da população, a assistem todo dia: o tipo de audiência que, nos Estados Unidos, só se tem uma vez por ano, e apenas para a emissora detentora dos direitos naquele ano de transmitir a partida do Super Bowl, a final do futebol americano”... http://www.abdic.org.br/index.php/1062-programacao-da-globo-primeiro-da-prazer-depois-depressao-e-vicia

Comentários