OS NOVOS ESCRAVOS Por : Marcos Coimbra

enviado por  JORNAL GRITO CIDADÃO:
“A MÍDIA QUE NÃO FAZ MÉDIA”

OS NOVOS ESCRAVOS
Por : Marcos Coimbra


            A escravidão sempre foi uma das grandes tragédias da humanidade. É inadmissível que pessoas humanas sejam encaradas como simples objetos, passíveis de serem utilizados em transações mercantis. E isto, infelizmente, aconteceu na antiguidade em toda a face da Terra e ainda existe, apesar de todos os esforços para impedir tal ignomínia. Ainda há a escravidão mascarada, em algumas regiões do mundo, inclusive no Brasil, onde seres humanos são submetidos a tal prática, sem quaisquer direitos, nas mais adversas circunstâncias, sem a devida contrapartida.

Contudo, há outras formas de escravidão de natureza indireta, na maioria das vezes nem percebida pelos que são escravizados, de fato. Se analisarmos bem a conjuntura, esta será a conclusão lógica. Os “donos do mundo” (grupos que controlam o sistema financeiro mundial e seus instrumentos como o Clube de Roma, o Diálogo Interamericano etc.) comandam os destinos da população mundial. Como são os detentores do poder econômico, cooptam os meios de comunicação mais influentes do mundo, pautando grande parte da mídia e influenciando decisivamente grande parte da humanidade. Não por acaso elegem seus representantes (de sociedades secretas ou até ostensivas, como o Diálogo Interamericano, no caso das Américas) para os principais cargos dos Poderes Executivo e Legislativo, além de influenciar expressivamente o Judiciário... http://www.abdic.org.br/index.php/1053-os-novos-escravospor-marcos-coimbra-a-escravidao-sempre-foi-uma-das-grandes-tragedias-da-humanidade-e-inadmissivel-que-pessoas-humanas-sejam-encaradas-como-simples-objetos-passiveis-de-serem-utilizados-em-transacoes-mercantis-e-isto-infelizmente-aconteceu

Comentários