Pular para o conteúdo principal

MESARQUIA (fig. de linguagem) poema: Cida Micossi

Figura de Linguagem: MESARQUIA
Ando muito entristecida
Com o rumo que tomou
Minha Pátria, minha vida
Cenário de tanto horror.

É só falta de caráter
É demais a roubalheira
Gente honesta é gente mártir.
Triunfa a bandalheira.

Até quando? Me pergunto -.
Será que isso tem jeito?
Acho que nem sendo defunto
Terei meu país refeito.

poema de  Cida Micossi

Figura de Linguagem: MESARQUIA
nome dado à figura que resulta quando a mesma palavra é repetida no começo e no meio do verso
Projeto Trajes Poéticos (Clube de Poetas do Litoral) - por Cláudia Brino

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

Trajes Poéticos - RIMA ENCADEADA

Palavra final do verso que rima com outra palavra do meio do verso seguinte.

*****

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores do concurso.