JARDIM DE AMORES - por Raniery Dantas de Abrantes

enviado por Raniery Dantas de Abrantes

"Este Jardim de Amores é um pouco de mim: do que li, vi, ouvi e vivi. Nele não há nada do que já não foi escrito: são apenas novas roupagens do que poetas e poetisas escreveram ao longo do tempo, verdades e devaneios, afinal, 'o poeta é um fingidor...'."

Comentários