Pular para o conteúdo principal

CHORANDO RETICÊNCIAS - cláudia brino


selo Ed. Costelas Felinas
selo Ed. Costelas Felinas

vestido de estrofe inteira

nascida do assombro primordial, das indagações fundantes da humanidade, a práxis poética ainda carrega nos ombros a fulguração e o fardo da origem. sua luta não se dá apenas no campo de batalha da palavra; através da linguagem, melhor dizendo, mas também contra a linguagem. a sonhada transcendência da realidade passa pela transcendência da língua que a enforma e traduz. objeto sonoro, quando pousa na cal da página, no entanto,
o poema
é um vestido
de estrofe inteira.

uma vestidura incômoda, imprevisível, capaz de deixar o leitor em situação delicada, nas horas mais desaconselháveis.... (Iacyr Anderson Freitas)

Comentários

Hilda Curcio disse…
Cláudia, me envie esse seu chorando reticências, amanhã enviarei o valor, e a postagem? Amiga, desejo-lhes feliz ano de 2014, com muitas e maiores realizações literárias, principalmente.

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

sarau poético "A poesia no Folclore"

A Academia Vicentina de Letras, Artes e Ofícios tem a satisfação de convidar você para o sarau poético na Casa do Barão, sábado próximo, dia 05 de agosto, às 15 horas. O tema será "A poesia no Folclore". Venha. Sua presença é muito importante. E após o sarau você poderá  conhecer o Café do Barão para se deliciar com um cafezinho gostoso.  Rua Frei Gaspar, 280.
indicação Deise Domingues Giannini