Pular para o conteúdo principal

MEU IPÊ AMARELO - ROSÁLIA ROSA BURBA - 2ª Edição

Nesta coletânea de poesias, Rosália Rosa Burba nos apresenta diversos temas, porém um tema se destaca: a natureza.

Através da natureza, a escritora nos revela suas recordações da infância vivida no interior de Mato Grosso e São Paulo, nos mostra a natureza que não percebemos no dia-a-dia na cidade grande, como na poesia “Santo André”.


Podemos citar outros temas presentes nesta obra e que também merecem destaque: o amor retratado na poesia “Açucena” e a saudade presente na poesia “Saudades de Lins”.  Eliane Mapelli Faria


Quem dera pudesse amar-te
Do jeito que já te amei,
Embora muito distante,
É um sonho que guardarei.

Naquele tempo distante,
Sofria com o teu olhar,
Sabia que não percebias
O quanto eu estava a te amar.
  
Naqueles olhos azuis,
Eu enxergava o céu,
A paixão era tanta
Que me cobria como um véu.
  
Me chamavas de Açucena,
Açucena era uma flor,
Agora que eu compreendo
Porque te inspirei o amor.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

Trajes Poéticos - RIMA ENCADEADA

Palavra final do verso que rima com outra palavra do meio do verso seguinte.

*****

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores do concurso.