Pular para o conteúdo principal

GRÉCIA : ENTRE A ZONA DO EURO E O EURO DA ZONA... Por : Pettersen Filho

enviado por Grito Cidadão



GRÉCIA : ENTRE A ZONA DO EURO E O EURO DA ZONA...

Por : Pettersen Filho

Berço de toda a Civilização que, hoje, chamamos de Ocidental, Centro Econômico e Cultural do Mundo Antigo, local onde foi concebido o próprio Conceito, e Pratica, do que, ora, chamamos de “Democracia”, Fonte de Inspiração de PoetasFilósofos e Matemáticos, como PlatãoAristótelesArquimedesPitágoras, Palco em que habitavam os “Deuses do Olimpo”, ThorMinervaIsis, a Grécia, Prenda principal, objeto de Cobiça de todos os Impérios rivais, da Pérsia à Roma antiga, passando pelo Império Otomano, Arena em que atuavam os seu Bravos Guerreiros, de Esparta, Região de onde partiu “Alexandre, da Macedônia”, para dominar todo oOriente, depois de impor uma serie de Derrotas a “Dário, o Persa”, de ser Dominada, e “Assimilada” por Roma, quem, no entanto, não lhe impôs a Cultura, muito pelo contrário, a Absorveu, para reedita-la para todo o Mundo Moderno, tal qual a possuímos hoje em dia, vive, atualmente, seu maior dilema, capaz de causar temor no próprio “Aquiles, o Filho dos Deuses” Imortal, de causar espécie até em Homero, e seus Guerreiros Imaginários de Troia... 
http://www.abdic.org.br/index.php/851-grecia-entre-a-zona-do-euro-e-o-euro-da-zona

É que o País, administrado pelo Jovem Primeiro Ministro, Aléx Tsípras, à frente de uma “Coalisão” de Esquerda, profundamente mergulhado na insolvência fiscal, luta uma “Guerra Sem Quartel” contra a Toda PoderosaUnião Europeia, de quem é Membro, a assim chamada, “Zona do Euro”, União Aduaneira, Fiscal e Política, que arregimentou quase toda Europa, do Oceano Atlântico ao Mediterrâneo e Mar do Norte, chegando até as próprias Fronteiras da Rússia, quem recusa-se a aceitar as Imposições recessivas advindas de Bruxelas, Sede Administrativa da União, ante ao crescente Déficit do País para com os seus “Parceiros Europeus”, ora, internado na CTI do Fundo Monetário Internacional, e do Banco Europeu, de quem depende de “Transfusões” continuas de numerário, “Euros”, a fim de que não sucumba, realidade essa já não mais suportada pelo PovoGrego, quem ocupa as Ruas, a apoiar seu Jovem Dirigente.

Pega num “Cabo de Guerra”, em que, atualmente, digladiam-se, de forma dissimulada, o próprio Ocidente Tradicional, Estados Unidos, Canadá, Japão e a Zona do Euro, em razão da Mudança do Protagonismo Econômico do Planeta para Eurásia, entenda-se China, e em menor escala, a Rússia, quem trabalham para quebrar a Hegemonia do Dollar e do Banco Mundial, ante a suas Economias, com o advento, até, de um Novo Banco de Desenvolvimento, dos BRIC`s, a Grécia, de Fato e de Direito, converte-se numa verdadeira “Prenda”, caso continue, ou saia do Bloco, com o possível apoio de China e Rússia.

Assim, completamente imersa numa espécie de “leilão Internacional”, em que levará o “Prêmio” quem pagar mais pelo Histórico País do Mar Egeu, cujo Custo Social é caríssimo, de População, e Economia, envelhecidos, reluzindo, diante da Eurásia, muito mais do que um “Troféu”, propriamente, uma espécie de “Calcanhar de Aquiles da Europa”, Inquestionável e Arrogante, quem parece querer, via seu Braço Político-militar, a OTAN, uma vez instalada a atual Crise da Ucrânia, ver seus domínios chegarem até o Mar do Japão e China, precisará, para resistir, muito mais do que seus “Trezentos Espartas”, imortalizados por Hollywood, para deter os Exércitos Inimigos que ora ameaçam invadir seus Domínios, via “Reformas” impositivas do FMI, ou do Banco Europeu.

Será que os Deuses estão vendo isso ?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI

VII Seletiva Nacional de Poesia – 2017 Para a edição do livro VII COLETÂNEA SÉCULO XXI - que trará uma Homenagem ao poeta e professor Pedro Lyra – 
(será o 41º livro editado pela PoeArt Editora- DESDE 2006 COM VOCÊ!) (Prazo: ATÉ 30 de abril de 2017)
(somente pela INTERNET)


   A PoeArt Editora de Volta Redonda RJ, institui o livro VII Coletânea Século XXI  (depois das bem sucedidas Antologias Poéticas de Diversos Autores, Vozes de Aço da I a XVIII, depois do sucesso da I a VI Coletânea Século XXI, do livro Cardápio Poético, 1ª e 2ª edição, I a III Coletânea Viagem pela Escrita. Dentre os já homenageados por suas contribuições literário-culturais em nossos livros, estão: Adahir Gonçalves Barbosa, Alan Carlos Rocha, Álvaro Alves de Faria, Astrid Cabral, Clevane Pessoa, Flávia Savary, Flora Figueiredo, Gilberto Mendonça Teles, Maria Braga Horta (in memoriam), Maria José Bulhões Maldonado, Mauro Mota, Olga Savary, Oscar Niemeyer, Pedro Albeirice da Rocha e Pedro Viana.


SEM TAXA DE INSCRIÇÃO: (AT…

SAFRA VELHA DE CLÁUDIA BRINO recebe indicação do International Poetry News

É com alegria e surpresa que acabo de receber de Giovani Campisi a notícia de que o livro Safra Velha de Cláudia Brino (Costelas Felinas) é um dos livros indicados para concorrer ao Prêmio Nobel de Literatura 2018.

Indicado pelo jornal International Poetry News entre 25 títulos de autores internacionais encaminhados ao Comitê Organizador do Prêmio Nobel de Literatura - 2018
A indicação foi feita pela Direzione Editoriale / Edizioni Universum

clique na imagem e veja a IPN  INDICAÇÃO NO - INTERNATIONAL POETRY NEWS


Este livro não é vendido em livrarias e se movimenta à margem da grande mídia. Adquirindo a versão impressa você receberá dedicatória especial tendo o seu nome impresso no livro.