O TREM Itabirano - edição de junho

  enviado pelo jornal O Trem


a edição de junho do jornal O TREM Itabirano esquenta os trilhos.  Quem ainda não é assinante, pode resolver essa problemática pedindo já sua assinatura pelo otremitabirano@yahoo.com.br. Há duas secretárias a postos para bem atendê-lo. 

Aproveite: não é em qualquer estação que se acha um jornal macho e talentoso como O TREM. 

RESUMO DA EDIÇÃO JUNINA


Jornalista devolve ao prefeito de Itabira, Damon de Sena, a revista mentirosa que ele enviou aO TREM.

Casa do escritor paulista João Antônio pegou fogo e torrou originais do clássico Malagueta, Perus e Bacanaço. Caio Porfírio, nosso colaborador, salvou-o e conta como.

Prefeito de Itabira desviou da finalidade cerca de R$ 16 milhões da verba da CFEM (minério). Está todo encalacrado na Justiça por essa falha. Coisa de prefeito amador, incompetente.

Uma crítica ao Brasil atual por Joaquim José da Silva Xavier; sim, ele mesmo, Tiradentes.

José Maria Rabêlo diz que a oposição mente demais para tentar derrubar Dilma.

Uma homenagem ao poeta argentino e genro de Carlos Drummond de Andrade, Manuel Graña Etcheverry, que colaborou com O TREM.

Música e literatura, duas artes sempre juntas, conta Jorge Fernando dos Santos.

Seda, tergal, voal, flanela, tafetá, organdi, popelini... É pelo avesso que se conhece a boa profissional, dizia vovó. Uma crônica dedicada à arte de costurar, por Raquel Naveira.

Prédio do antigo Correio: o melhor a fazer é implantar o Arquivo Público de Itabira, cujo acervo está empilhado, estragando-se.

O diabo no escritório da Vale. Uma história espetacular de quando a empresa instalou uma máquina de telex em Itabira.

 Gomes, o Barão de Itabira: cidade abrigou o filho do inconfidente Francisco Freire?

O que Damon de Sena fez com R$ 60 milhões recebidos do governo federal via PAC 2, em 2013, para mobilidade urbana e saneamento? Ele não responde, foge do assunto.

Ulisses Tavares informa que só vota em candidatos que prometem cuidar dos bichos.

Furo nacional transformou O TREM em agência de notícias para a mídia de fora. Saiba o que é na página 9.

Itabira caótica: 1714 problemas que Damon de Sena não resolve e que atormentam a população.

Rádio CBN, em parceria com O TREM, noticia desleixo com os Caminhos Drummondianos.

A defasagem no processo de educação é excludente, de alta conveniência para manter currais eleitorais, a elegerem políticos de sofrível qualidade. Análise do economista itabirano Carlito Andrade, que diz mais: que Itabira precisa aprender práticas de gestão pública com o prefeito de uma pequenina cidade, Ferros.

Pressa, urticária psicológica que provoca erros, acidentes e conduz à superficialidade. Por Nagib Anderáos Neto.

Os textos estúpidos de uma apedeuta prejudicam jornal O Globo, por Fernando Jorge

Nos idiotas anos da Jovem Guarda, panaquice tupiniquim que pretendeu espalhar a “revolta” dos meninos bem nascidos... Texto de Hermínio Prates.

Os excrementos da casa-grande: a falta de valorização dos profissionais de educação sinaliza aos estudantes o caminho do desrespeito aos educadores. Pensata de Carlos Lúcio Gontijo.

E muito mais na edição de junho dO TREM, o jornal de Itabira que o Brasil assina, lê e admira.
Para assinar: o tremitabirano@yahoo.com.br. Paga 84 reais e recebe por um ano todinho o jornal que enriquece culturalmente e vale por um livro bom.

DISSERAM DO TREM BRASIL E MUNDO AFORA - ESPONTANEAMENTE.

“Se toda cidade brasileira tivesse um jornal como O TREM Itabirano, o Brasil seria bem melhor e mais justo. Itabira é privilegiada por ter um jornal dessa categoria.”
Jean Kadar Prévoust, jornalista e escritor francês, Paris.

“Aguardo instruções para assinar o melhor jornal do mundo falante em português.”
Edson Amâncio, médico e escritor, São Paulo-SP.

“Parabéns aos itabiranos pelo jornal O TREM Itabirano, que é lindo”.
Mário Cravo Albin, historiador da Música Popular Brasileira.

Comentários