Pular para o conteúdo principal

O CREPÚSCULO DOS PODEROSOS de Aristides Theodoro ** ilustração Clevane Pessoa

O CREPÚSCULO DOS PODEROSOS
(Para todos os tiranetes
escondidos nas esquinas)


A vida é tão breve
que se o  homem pensasse mais
só  faria o estritamente correto
de maneira  a viver bem
consigo mesmo e com seu  semelhante
sem essa de superioridade
pois dia mais dia menos,

ambos se nivelarão no túmulo
onde deitados na horizontal
com os olhos a beberem a amplidão
permanecerão ali para sempre deitados

durante séculos, séculas, seculoruns.

in GARGALHADA NA CATEDRAL
ed. costelas felinas

Comentários

Olá, e mais, não resisti, em minha lembrança há um Aristides Theodoro, que há uns vinte anos atrás era possuidor de uma banca de livros usados, na Praça da República (Sampa), e não resisti, lembrei-me que por lá passava quase todos os dias, lembrei-me dos livros, de nossas conversas, das indicações, e não resisti, escrevi estas linhas tortas na esperança de abraçar um antigo amigo, ou, conhecer um novo.

Saudações!!!

Alê Paulino
paulinoalexandreletraseverbos.blogspot.com.br

Postagens mais visitadas deste blog

Trajes Poéticos - RIMA EMPARELHADA

rimas que ocorrem seguidamente em pares.

*********

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores dos poemas.              

Trajes Poéticos - RIMA ENCADEADA

Palavra final do verso que rima com outra palavra do meio do verso seguinte.

*****

os poemas publicados aqui participaram do concurso Trajes Poéticos realizado pelo Clube de Poetas do Litoral - salvo os poemas dos autores cepelistas que foram os julgadores do concurso.